Tamanho do texto

A professora de ioga Hanna Taylor compartilhou as fotos do nascimento de Koa, agora com três meses

A professora de ioga norte-americana Hanna Taylor, de 23 anos, desde o momento que confirmou a gravidez, sabia que queria dar à luz de uma maneira especial. A escolha da mulher e do marido foi fazer um parto, em casa, sem ajuda médica. E assim nasceu Koa, que hoje tem três meses, após um parto na banheira. 

Norte-americana Hanna Taylor queria dar à luz em casa, sem assistência médica, e acabou tendo um parto na banheira
Reprodução/TheSun
Norte-americana Hanna Taylor queria dar à luz em casa, sem assistência médica, e acabou tendo um parto na banheira


Leia também: Mulher dá à luz no banco traseiro de um táxi em Nova York

As fotos do parto na banheira posicionada no quintal da casa dos norte-americanos foi compartilhada por eles com a agência de notícias South West News Service e foram parar nas páginas de jornais e tabloides internacionais, como o The Sun . As imagens impressionam e mostram o momento em que Koa nasce na água e é amaparado pelo pai, Tyler Couchman. 

Segundo informações da agência de notícias, Koa veio ao mundo em outubro do ano passado. Além de Tyler, apenas uma amiga de Hanna ajudou no parto

Detalhes do parto na banheira

Parto na banheira virou notícias em diversos jornais e tabloides internacionais, como o The Sun, que publicou as fotos acima
Reprodução/The Sun
Parto na banheira virou notícias em diversos jornais e tabloides internacionais, como o The Sun, que publicou as fotos acima

Ainda de acordo com a SWNS , a mãe de Hanna passou por duas cesáreas e as experiências não foram nada boas. "Minha mãe teve partos traumáticos - meu e da minha irmã - e não queria isso para mim", fala a norte-americana de Sacramento, na Califórnia. 

Isso a ajudou a optar por um parto em casa . "Cresci e só ouvi histórias assustadoras de parto. Aí vi minhas amigas com seus partos sem assitência [hospitalar]  e isso pareceu certo para mim", continua Hanna. "Ninguém te fala quando fazer força, você apenas ouve completamente o seu próprio corpo", completa, ao detalhar o tipo de parto que desejava. 

Leia também: Mãe conta como foi ter o filho sozinha no banheiro de casa

E tudo aconteceu como ela esperava. Hanna conta que começou a sentir as contrações pela manhã e que recorreu à banheira que estava do lado de fora da casa como um momento de alívio. "Estava em casa com meu marido e minha melhor amiga. Não imaginava ter o parto na banheira, queria apenas usá-la como um local para descansar durante o trabalho de parto". 

Koa nasceu na água e logo foi amparado pelo pai, como mostram a imagem do parto. "Nunca tinha ouvido falar de nascimento livre [quando o parto é em casa, sem nenhuma assistência] antes, mas segurar meu filho nos braços foi a coisa mais impressionante da vida", diz o novo papai Tyler. "Segurá-lo trouxe lágrimas aos meus olhos. Parecia um sonho", completa. 

Hanna também exalta a experiência: "Foi uma experiência inacreditável e feliz. Estava em êxtase. Conhecer meu menino assim foi incrível."

Leia também: Mãe que usou sexo para induzir o parto conta como foi a experiência

Apesar de ter tido um parto na banheira , a norte-americana afirma que fez todo o acompanhamento médico necessário ao longo da gestação para garantir que ela e o bebê estavam bem. 


    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.