Tamanho do texto

Pai impede que filha brinque com bonecos com representações realistas de genitálias e divide opiniões entre pais e educadores; e você, o que acha?

Pai de uma menina, o norte-americano Raynell Miller publicou em seu perfil no Facebook um relato onde fala sobre a surpresa que teve ao receber uma compra online em casa. Raynell comprou dois bonecos de presente para a sua filha e, surpreendentemente, descobriu que os brinquedos tinham genitálias bastante realistas.

Leia também: Educação sexual: quando começar a falar sobre o tema com os filhos?

Pai impede que filha brinque com bonecos com genitálias realistas por achar que ela ainda não está pronta para isso
Reprodução/Facebook
Pai impede que filha brinque com bonecos com genitálias realistas por achar que ela ainda não está pronta para isso

Raynell ficou chocado e decidiu dividir na rede social a sua indignação a respeito dos brinquedos com pênis e vagina realistas.  “Onde o mundo vai parar? Fazendo bonecos para crianças com as genitálias realistas?”, escreveu o pai em sua publicação. Para Raynell, é um absurdo crianças entrarem em contato representações tão realistas. “Estou feliz que chequei os brinquedos antes da minha filha ter a chance de brincar com eles”, disse.

O pai continuou dizendo que dessa forma garantiu que a filha não entrasse em contato com um pênis tão realista antes que estivesse pronta para isso. O posicionamento de Raynell a respeito do brinquedo causou polêmica. Em apenas uma semana, mais de 7,9 mil pessoas compartilharam a sua publicação e outras 4,6 mil dividiram opiniões nos comentários.

Leia também: Masturbação infantil: meu filho está se tocando, e agora?

Há algo de errado com os bonecos?

Relato de pai sobre os bonecos foi polêmica, viralizou no Facebook  e dividiu opiniões entre pais e educadores
Divulgação/Amazon
Relato de pai sobre os bonecos foi polêmica, viralizou no Facebook e dividiu opiniões entre pais e educadores

Raynell se posicionou de forma bastante assertiva em relação aos brinquedos realistas. Para ele, as crianças não devem ter esse tipo de informação tão cedo. No entanto, nem todos os pais concordaram com o norte-americano. Nos comentários da publicação, um debate de pais e educadores mostrou diversas possibilidades de encarar o fato.

“Na verdade, isso é realmente incrível. As crianças aprender melhor quando não são enganadas. Quando eu trabalhei com educação, todas as bonecas eram anatomicamente corretas, de modo a ajudar no desenvolvimento das crianças. Não rejeite isso. Aceite os benefícios”, escreveu uma educadora na publicação.

Leia também: Quando falar sobre sexo com os filhos pré-adolescentes? Delas responde

“Eu sinceramente não vejo problema. Isso pode ser uma experiência de ensino e aprendizagem”, escreveu outra usuária. “O problema de toda essa situação é que nenhuma criança vê isso da maneira como os adultos veem”, escreveu outro fazendo referência ao fato de que as crianças não enxergam os órgãos genitais de maneira sexualizada.

E você, acha que as crianças devem brincar com bonecos com genitálias realistas?


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.