Tamanho do texto

Após ser beijada por adulto, bebê contrai vírus "herpes simplex" e morre

No início de novembro, noticiamos o  caso de uma recém-nascida que morreu com 12 dias de após contrair o vírus “herpes simplex” pelo beijo de um adulto. Mais um caso como esse aconteceu recentemente com Kiara, filha de Kelly Ineson e Thomas Cummis, da Inglaterra, que morreu com 14 dias de vida após ser beijada e contrair o vírus.

Recém-nascida é beijada por adulto, contrai o vírus
shutterstock
Recém-nascida é beijada por adulto, contrai o vírus "herpes simplex" que causa complicações e morre com 14 dias de vida

O caso, mais uma vez, vem como um alerta aos pais sobre os cuidados com recém-nascidos. Inclusive, após da morte da  recém-nascida , a mãe se comprometeu a trabalhar para aumentar a conscientização sobre o vírus. Com o apoio da  “Herpes Viruses Association ”, Kelly está incentivando os pais a perceberem os perigos de permitir que outras pessoas beijem seus bebês.

A morte da recém-nascida

O vírus responsável pela morte da recém nascida foi fatal pois ela ainda não tinha o sistema imunológico desenvolvido
shutterstock
O vírus responsável pela morte da recém nascida foi fatal pois ela ainda não tinha o sistema imunológico desenvolvido

Dez dias após o nascimento, os pais descobriram em um exame de rotina que a filha estava perdendo peso rapidamente e precisaria ser levada para um hospital especializado. Segundo os médicos, ela estava com uma infecção que começou a afetar os rins, exigindo que ela fizesse diálise urgente para remover os resíduos.

“Foi horrível! Eu não pude deixar de pensar no pior cenário. Toda vez que tínhamos um pouco de esperança, algo mais acontecia. Eu me lembro de uma vez sair da enfermaria para tomar uma xícara de chá e um pouco de ar fresco, e os níveis de oxigênio de Kiara diminuíram enquanto eu estava fora. Eu voltei para ver todos esses médicos correndo para a cama dela e acabei de desmoronar. Eu acho que, no fundo, eu sabia que ela não iria sobreviver”, diz a mãe ao site "Daily Mail".

Leia também: Oito regras de etiqueta para visitar o recém-nascido

Foi então que os médicos descobriram que Kiara tinha contraído o vírus “ herpes simplex ”, provavelmente após o beijo de um adulto. Após 14 dias de vida, a bebê faleceu. Os pais da criança foram informados de que o vírus foi responsável por desenvolver sépsis mortal – quando o corpo se ataca em resposta a uma infecção. Por conta disso, Kiara foi colocada em coma induzido. 

“Nós imploramos aos médicos que fizessem o que pudessem, mas não adiantou. Disseram para nós que estaríamos esperando que ela morresse. Eu não pude ouvir mais nada. Eu acabei de desabar, correndo pelo corredor gritando até desmaiar”, lembra Kelly.

Segundo Marian Nicholson, diretora da "Herpes Viruses Association" , o vírus “herpes simplex” é altamente contagioso. Conhecido como causa da herpes labial, pode ser fatal para bebês, já que ainda não possuem o sistema imunológico totalmente desenvolvido. Por isso, é tão perigoso que adultos beijem recém-nascidos. 

Além do cuidado com o beijo, outros pontos de atenção são necessários nas primeiras semanas de vida do bebê para evitar que casos como o da recém-nascida se repitam. Especialistas indicam evitar pegar o bebê com as mãos sujas, agasalhar muito, soprar a papinha e chacoalhar. Veja os principais cuidados com o recém-nascido .