Tamanho do texto

Apaixonado pelas obras de Van Gogh, o jovem autista tinha medo de se perder ao sair de casa. Pensando nisso, os pais decidiram pintar a fachada

Um casal norte-americano foi bem criativo ao pensar em uma estratégia para proteger o filho autista, de 25 anos, que tem medo de se perder na rua. O rapaz adora os quadros do famoso pintor Van Gogh, e foi aí que seus pais pensaram que transformar a fachada da casa que moram em uma das obras do artista seria uma alternativa interessante.

Leia também: Saiba como estimular a criatividade do seu filho com truques básicos

O filho autista do casal que pintou a casa é apaixonado pelos quadros do famoso pintor Van Gogh, que morreu em 1890
Reprodução/Twitter
O filho autista do casal que pintou a casa é apaixonado pelos quadros do famoso pintor Van Gogh, que morreu em 1890


“Assim, se ele mencionar a casa de Van Gogh quando estiver na rua, as pessoas podem ajudá-lo a se localizar”, afirmou Nancy Nemhauser, a mãe do filho autista , em entrevista para a agência de notícias Reuters. Ainda segundo ela, o projeto só se tornou realidade com a ajuda de Richard Barrenechea, artista que topou o desafio de primeira e se colocou à disposição da família para reproduzir o quadro “A noite Estrelada”.

Nas redes sociais, Richard publicou fotos com o resultado do trabalho e virou notícia no mundo todo. “Me senti tocada por essa bela história. Minha amada e única filha também é autista , e eu entendo muito bem a maneira diferente que eles têm de ver o mundo”, comentou uma mulher. Outra seguidora chegou a dizer ao artista que também gostaria de ter uma casa com uma pintura tão diferenciada e parabenizou o rapaz, que ficou emocionado.

Governo pediu para a pintura, que agradou o filho autista, ser removida

Na foto, o pintor Richard aparece comemorando a decisão da Justiça ao lado de Nancy, mãe do filho autista
Reprodução/Instagram
Na foto, o pintor Richard aparece comemorando a decisão da Justiça ao lado de Nancy, mãe do filho autista


Como nem tudo é festa, os pais do jovem receberam uma notificação da prefeitura de Mount Dora, a cidade da Florida onde fica a casa da família, afirmando que a obra viola o código de sinalização da cidade, com a possibilidade de distrair os motoristas que passam pela região.

Além de pedir a remoção, o governo enviou uma multa de US$ 10 mil (em torno de R$ 38 mil) para o casal pagar, mas a atitude não agradou as pessoas que já sabiam o que fez os pais do garoto reformarem a fachada. Nancy fez questão de recorrer, alegando que o pedido fere o direito de liberdade de expressão e explicou o que a levou a contratar Richard.

Leia também: "Ele merece ser tratado bem", diz mãe ao defender filho com autismo

Para a alegria de todos, a prefeitura da Florida voltou atrás e ainda pagou uma indenização de US$ 15 mil (cerca de R$ 56 mil) para a família, que recebeu até um pedido de desculpas do prefeito Nick Girone. A casa do filho autista , agora, é considerado um ponto turístico da cidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.