Tamanho do texto

Caso de Bella repercutiu nas redes sociais após sua mãe denunciar que ela teve o cabelo alisado; salão se ofereceu para recuperar os cachos de graça

No início da semana passada, as redes sociais ficaram chocadas com a história de Izabella, uma menina de oito anos de Governador Valadares, em Minas Gerais, que teve seu cabelo alisado e cortado contra sua vontade pela madrasta . Por sorte, a história teve um final feliz: foi possível recuperar os cachos da pequena.

Bella teve o cabelo alisado contra sua vontade, mas conseguiu recuperar seus cachinhos
Reprodução
Bella teve o cabelo alisado contra sua vontade, mas conseguiu recuperar seus cachinhos


O caso foi compartilhado pela mãe de Bella nas redes sociais e amplamente repercutido. Como resultado,a mãe disse ter recebido várias mensagens de salões e cabeleireiros se oferecendo para recuperar o cabelo alisado da pequena . No fim, o tratamento foi realizado pelo salão Creuza Oliveira Ateliê.

“Seguimos cuidando não só do cabelo, mas da autoestima e confiança da nossa gatinha. Juntos somos mais fortes!”, postou o salão em sua conta do Facebook, onde compartilhou diversos vídeos do processo e, depois, fotos das madeixas recuperadas de Bella.

“Mamãe chegou a dizer que o tamanho nem importa mais de tão lindo que o cabelo ficou. Agora é só curtir!”, conclui a publicação do salão.

Caso de menina com cabelo alisado repercutiu na internet

O caso de Bella teve grande repercussão na internet nas últimas semanas. Tudo começou quando sua mãe fez uma publicação denunciando a madrasta e pai da menina por terem cortado e alisado seu cabelo sem que a pequena quisesse. O texto acompanhava fotos de Bella, antes e depois do alisamento, mostrando sua tristeza.

Na mesma postagem, a mãe da garotinha conta que, uma semana antes do ocorrido, ouviu a madrasta da pequena pedir para ela prender o cabelo , durante uma chamada de vídeo. Na ocasião, a mãe já havia se irritado, mas não quis dizer nada para não bancar a chata. Nas redes sociais, a mulher chegou a fazer alguns posts com indiretas sobre o assunto e até afirmou que sua filha é uma “princesa” e os seus cachos representam a sua “coroa”, mas não adiantou.

De acordo com especialistas, o fato de Bella ter seu cabelo alisado contra sua vontade se caracteriza como crime de injúria ou lesão corporal leve, ficando sob o aspecto geral do racismo . Apesar disso, ainda não ficou claro se a mãe da pequena tomará ações judiciais contra a madrasta e pai da filha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.