Tamanho do texto

Não são todos os cabelos cacheados que são iguais e podem ser cuidados do mesmo jeito; veja dicas de especialistas para cuidar e definir seus cachos

A vida de quem tem cabelo cacheado e crespo nem sempre é fácil, e não só por conta da definição que às vezes é complicada de ser alcançada, mas principalmente porque os cachos  passaram a ser mais aceitos apenas recentemente, então muitas mulheres nem mesmo sabem como cuidar direito dos próprios fios.   

Leia também: Especialistas indicam produtos ideais, como cuidar e finalizar os cachos

Nem todo cabelo cacheado é igual! Existem númerações para classificar a ondulação do cabelo e tipo de cacho formado
shutterstock
Nem todo cabelo cacheado é igual! Existem númerações para classificar a ondulação do cabelo e tipo de cacho formado

E o primeiro erro é achar que todo  cabelo cacheado é igual e deve ser cuidado da mesma forma. Segundo Edu Alves, hair stylist do Retrô Hair, na realidade existem diferentes númerações para classificar a ondulação do cabelo e os produtos utilizados, assim como a forma de modelar os cachos, que variam de acordo com a categoria que o seu fio se encaixa. 

Dessa forma, a categoria número um é a do cabelo liso, já as demais possuem subcategorias que seguem o formato e definição do cacho. Confira: 


"O cabelo 2A não forma cachos, apenas umas ondas. Já as pessoas com o cabelo tipo 2B  têm mania de falar 'meu cabelo é liso na raiz e cacheado nas pontas'. É assim que o cabelo se apresenta, mas não quer dizer que a raiz é lisa, e sim que ela está sustentando um peso e que a gravidade está puxando esse cabelo para baixo e acaba consequentemente esticando essa raiz com facilidade, por causa da ondulação baixa", explica Edu. "Os cabelos 2C formam cachos mais abertos, como os da Gisele Bündchen, por exemplo." 

Quando o assunto são os fios da categoria 3, os cachos passam a ser maiores, mais fechados e definidos. "O tipo 3A forma cachos grandes, bem formados desde a raiz, independentemente do peso do cabelo. O 3B e 3C são cachinhos mais fechados." A principal diferença entre esses dois últimos é que os cachos 3C são um pouco menores. 

 Já os 4A, 4B e 4C são os tipos considerados crespos. "O 4A forma cachinhos miudinhos, enquanto os 4B e 4C não conseguem formar cachinhos e muitas vezes formam zigue zague, por serem muito fechados", diz o profissional. 

Para identificar em qual dessas categorias seu cabelo mais se encaixa, Edu aconselha pesquisar e verificar o padrão e formato dos cachos. "Com a internet é muito fácil você identificar, porque existem várias tabelas que você pode encontrar tanto online, quanto na embalagem de produtos especializados para cachos." 

O especialista também explica que as características de cada fio ou couro cabeludo independem da forma dos cachos. "Cada cabelo terá sua característica e isso é realmente muito abrangente. Da mesma forma que existem cabelos lisos finos, grossos, médios, também existem cabelos lisos oleosos, secos e normais. E também existem cacheados com essas características." 

Segundo Edu, o único padrão é que entre os tipos liso, 2A,B,C e 3A, o cabelo tem certa facilidade de transportar a oleosidade do couro cabeludo para os fios. "Quanto maior ou mais fechada é a ondulação, mais difícil é essa oleosidade natural caminhar pelo fio. Isso se dá por vários motivos, mas principalmente pela dificuldade que o óleo tem através da gravidade. Por isso é muito comum os cabelos cacheados que formam os anéis serem mais ressecados do meio até as pontas. Daí a necessidade de cuidados diferenciados para cada tipo." 

É importante lembrar que, apesar dessas classificações existirem, é comum que alguns fios não se encaixem 100% em apenas uma delas. Algumas mulheres podem, sim, ter cabelos com características diferentes e cachos de formatos variados.

Leia também: Zendaya dá dicas de como modelar os cachos; aprenda com tutorial

Como lavar cada tipo de cabelo cacheado?

Produtos como leave-in são essenciais após as lavagens, para que o cacho fique bem definido quando o cabelo secar
shutterstock
Produtos como leave-in são essenciais após as lavagens, para que o cacho fique bem definido quando o cabelo secar


O hair stylist do Retrô Hair recomenda utilizar principalmente  xampus "No Pool" e "Low Pool" na hora da lavagem. O primeiro tipo é totalmente sem espuma, como se você estivesse lavando o cabelo com condicionador. Já o segundo, faz pouca espuma e têm uma formulação mais leve. Além disso, é importante aplicar o condicionador no cabelo bem molhado e não enxaguar o cabelo muitas das vezes, principalmente se o fio for grosso.

"Use uma toalha ou papel toalha para 'amassar' o cabelo para tirar o excesso do condicionador com a toalha. Esse procedimento faz com que o cabelo não fique pesado, mas sim hidratado e contribui para que os cachos se formem com mais facilidade. Depois, finalize com creme para pentear ou com ativador de cachos, que é o que vai definir os cachos de fato", indica Edu. 

Ruth Damaris, hair stylist do VISS Cabeleireiros Visagistas, também sugere desembaraçar os fios na hora do banho, já que é quando eles estão mais soltos. "É só passar o pente, finalizar com leave-in e não pentear mais, pois os cachos se desfazem. Não aplique o produto no couro cabeludo  para não obstruir os folículos pilosos e causar caspas e quedas de cabelo." 

Outra recomendação da especialista é realacionada à periodicidade dos cuidados. "O ideal é lavar pelo menos duas vezes por semana com xampu na raiz para higienizar bem o couro cabeludo, mas sem passar creme na raiz. Nos outros dias, basta umedecer suavemente os fios e aplicar novamente uma pequena quantidade de leave-in para que ele não fique pesado. Hoje, é mais importante você usar um leave-in do que um condicionador, por exemplo, já que serve para o cabelo como o protetor solar serve para a pele."

Ela explica que os cabelos ondulados (tipo 2) geralmente ficam com a raiz mais oleosa de um dia para o outro. Por isso, o ideal é  utilizar xampus mais cristalinos, que têm uma hidratação um pouquinho mais suave. "Com esse tipo de xampu a raiz fica mais solta e mais leve, já o condicionador pode ser mais hidratante para selar as cutículas e deixar o fio mais hidratado."

"Você pode utilizar um leave-in cremoso, porém não tão denso ou em textura um pouquinho gelatinosa. É só passar por todos os fios, pentear com um pente médio a fino para distribuir de forma uniforme e não colocar as mãos até que ele seque 90%, pois a ondulação irá fixar. Aí sim pode soltar os cabelos deixando com o volume harmônico e, se precisar, pode utilizar um sérum leve ou mais um pouquinho de leave-in." 

Para quem tem cabelo cacheado tipo 3, a lavagem ideal é feita com xampu mais hidratante que seja leitoso e condicionador para cabelos secos ou cacheados. "Esses cabelos geralmente tendem a serem um pouco mais desidratados e requerem um cuidado maior", diz. "Para finalizar, é só desembaraçar com os dedos." 

Os cabelos tipo 4 necessitam de bastante água por serem naturalmente muito secos. "O ideal é tirar a umidade com papel toalha, ativando os cachos. Deixe-os secar naturalmente para não desfazer os cachos", recomenda. 

 Leia também: 22 comentários que mulheres com cabelo cacheado não aguentam mais

Como deixar os cachos bem definidos?  

Depois de levar e dar uma
shutterstock
Depois de levar e dar uma "amassadinha" com a toalha, passe o leave-in nos cachos para deixá-los mais maleáveis


"Para dar definição às madeixas, temos que estar atentas a algumas coisas, como o tipo de formato que queremos dar ao cacho, se é um formato mais firme ou um formato mais natural", diz Ruth. Assim,  depois de levar e dar uma "amassadinha" com a toalha ou papel toalha, passe o leave-in ou cremes com texturas mais leves para deixar as formas mais maleáveis. "Procure sempre saber sobre a fixação dos produtos." 

Segundo a profissional, também é permitido borrifar água e aplicar ativador de cachos, além de um pouquinho de reparador nas pontas, para reativar a forma e manter a hidratação, principalmente se o seu cabelo cacheado se encaixa nos tipos 3 e 4.

Os produtos essenciais para cabelos tipo 2 são primer de cabelo, leave-in, CC Cream. "Eles são leves e não vão pesar nos fios se usados em pouca quantidade", recomenda Ruth. Já para os cabelos tipo 3, é bom usar ativadores de cachos que contenham óleos em sua composição e que ainda tenham ação anti-frizz. Para os cabelos tipo 4, é um combo desses produtos: óleos, ativadores de cachos e CC Cream, com foco para a hidratação. 

Além disso, existe um produto que é essencial para deixar os cachos com uma definição ótima: o finalizador. "Esse produto não é mais encarado apenas como um modelador, é fundamental para os fios, pois também serve como protetor térmico, protegendo de raios UV."

Também é importante que os cabelos estejam bem limpos e sem excesso de produtos acumulados  — já que é isso faz com que os cabelos fiquem pesados e opacos, e que os cachos percam a definição. "Um cabelo limpo é essencial para manter um cacho definido e com brilho, e o brilho aparece quando os fios são bem enluvados com produtos novos e fica livre de resíduos de produtos anteriores."

"A umectação também é maravilhosa, ajuda a definir os cachos, repõe umidade do fio e o melhor não dá trabalho e nem precisa ser com os fios limpos", diz a hair stylist. "É simples: escolha um óleo ou produto de seu gosto e aplique nos fios semi sujos, aqueça um pouco com secador e aproveite esse momento antes do banho para massagear o couro cabeludo, ativar a circulação sanguínea e melhorar o resultado do tratamento. Após alguns minutos, enxágue e siga com sua lavagem de cabelo."

A profissinal ressalta a importância de conversar com outras mulheres que tenham o mesmo tipo de cabelo que você para trocar informações e compartilhar conhecimentos, além de testar os produtos. "Quando se trata de cabelo cacheado , costumo dizer que cada cabeça é uma sentença, por isso é muito importante que quem tem cabelos ondulados, cacheados ou crespos teste as opções disponíveis no mercado para cada tipo de fio", finaliza.