Para muitas mulheres, por mais especial que seja a experiência de ficar grávida, ela nem sempre é a mais agradável. Mas para Didi Perry, uma norte-americana que mora no Texas, estar grávida é tão divertido que ela se viciou e, por isso, virou barriga de aluguel, tendo carregado cinco bebês - todos depois dos 40 anos.

Leia também: Mulher não mantém amizade com grávidas por achar que não terá atenção

undefined
Pixabay/Creative Commons
Didi Perry começou a ser barriga de aluguel aos 40 anos; cinco bebês depois, ela se aposentou aos 50


Didi decidiu virar barriga de aluguel 16 anos depois de dar à luz sua filha caçula. Tudo começou porque ela queria ajudar outras mães que não podiam ter filhos, mas acabou pegando gosto pela gravidez . Agora, aos 50 anos, ela decidiu se aposentar, depois de parir seu quinto “filho”.

Ao jornal britânico “Daily Mail” ela explicou: “Eu gostei de estar grávida dos meus filhos e queria fazer algo que ajudasse outras pessoas. Adoro como me sinto saudável quando estou grávida e adoro a sensação do bebê se mexendo”.

Leia também: Aos 50 anos de idade, mulher carrega bebê da nora e do filho

Barriga de aluguel como boa ação

Oferecer a barriga “para aluguel” significa que Didi recebia o óvulo da mulher que seria a mãe de fato já fecundado pelo espermatozoide do pai, por fertilização in vitro. O “trabalho” é pago: a própria mulher que levará a gestação estabelece uma taxa, mas a norte-americana afirma ter se oferecido para carregar os bebês de outras mulheres como uma boa ação e que o pagamento era apenas um “bônus”, até por isso ela cobrava taxas mais baixas.

“Eu nunca comecei com isso pelo dinheiro. Só queria ajudar outras famílias. É difícil colocar em palavras o que eu sentia quando via os pais segurando o bebê deles. Era incrível. No começo, pretendia ajudar só uma família, mas depois de viver tanta alegria, soube que queria fazê-lo de novo”, conta Didi, que diz ainda nunca ter sentido dificuldade em entregar o bebê que carregou para os pais “verdadeiros”.

Leia também: Mãe se oferece para carregar bebê da própria filha após ela ter câncer raro

Agora Didi se aposentou, mas continua trabalhando com uma agência que oferece barrigas de aluguel para casais. “Não estou mais tendo os bebês, mas ainda estou envolvida na formação de famílias”. A atitude de Didi foi tão inspiradora que, agora, sua filha mais nova, Shayna, de 23 anos, também quer se tornar uma barriga de aluguel .

    Leia tudo sobre: gravidez

    Veja Também

      Mostrar mais