Tamanho do texto

Qualquer mulher já sofreu um pouco com a falta de bolsos reais em calças, e uma mãe quis comentar sobre isso, porém algumas pessoas não aprovaram

Na última semana, uma escritora norte-americana decidiu compartilhar em sua página no Twitter uma reclamação sobre roupas feitas para serem usadas por meninas: a falta de bolsos reais. Se você parar para pensar, este também é um problema vivido por mulheres mais velhas. Que mulher nunca foi usar seu bolso e teve a triste surpresa de encontrar um falso?

Leia também: "Se preparar para um parto prazeroso deveria ser o foco de todas", afirma doula

Falta de bolsos reais não é um problema vivido apenas por meninas, já que muitas mulheres sentam falta do acessório
Shutterstock
Falta de bolsos reais não é um problema vivido apenas por meninas, já que muitas mulheres sentam falta do acessório

“Por favor, coloquem bolsos em calças de meninas . Minha filha de três anos fica tão brava quando seus bolsos são falsos. Ela tem coisas para guardar, como pedras e Power Rangers. Ela acaba tendo de levar essas coisas embaixo da camiseta. Vamos lá. Bolsos para meninas, por favor”, dizia o comentário de Heather Kaczynski.

Não demorou muito para que outros pais se identificassem com o problema. “Minha filha se recusa a comprar shorts na seção feminina porque lá ’não tem nenhum bolso para tesouros’", afirmou uma usuária. “Aos 4, minha filha tinha uma calça que sempre usava do lado errado porque tinha bolsos funcionais atrás, mas falsos na frente”, conta outra.

Há inclusive a história de uma menininha que usava jaquetas até em dias quentes porque jaquetas sempre tem bolsos de verdade, mas Heather pode ter encontrado o “verdadeiro” motivo pelo qual não há bolsos reais em calças femininas: “Minha filha não quer uma bolsa, por outro lado. Eu realmente acredito que eles não nos dão bolsos em nossas roupas para que eles possam vender bolsas.”

Nem todo mundo gostou do comentário

O que parecia um comentário inocente de uma mãe e, principalmente, uma mulher que sabe bem como é viver sem ter essa facilidade dos bolsos, acabou virando uma discussão.

O tuíte de Heather acabou viralizando, principalmente após a imprensa norte-americana escrever notas sobre o assunto, mas isso se tornou motivo de ódio contra a escritora. “Um lado não muito legal sobre viralizar: pessoas me insultando, insultando minha filha e minha habilidade como mãe.”

Leia também: Após revelação de repórter, mães postam fotos de filhos com a franja curta

A norte-americana passou a ser criticada pelo fato do post dela ter viralizado mais que outro tuíte sobre violência nas escolas e o uso de armas nos Estados Unidos, sendo que na mesma semana mais um tiroteio foi notificado nos Estados Unidos – mesmo não sendo “culpa” dela isso.

“Eu tenho controle sobre o que as pessoas compartilham? Não. O fato de um tuíte sobre bolsos ter tido mais atenção do que um tuíte sobre violência com armas de fogo, escolas públicas, racismo ou pobreza não é culpa minha. É culpa de todos nós. Porque nós escolhemos o que vamos discutir.”

Leia também: Mãe percebe que o filho cresceu, faz relato emocionante e viraliza na internet

Depois das críticas, Heather compartilhou uma lista de coisas com que se importa mais que bolsos: sua filha, mudança climática, a democracia norte-americana, racismo, tiroteios, assédio sexual, ajudar as pessoas, o bebê real. “Viu, nós podemos nos importar com mais de uma coisa”, escreveu pouco tempo antes de excluir o post sobre roupas de meninas .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.