Tamanho do texto

Madison Jade, de 3 anos, ganhou uma boneca negra depois que ficou triste com um coleguinha da escola, que perguntou o motivo de sua pele ser escura

O vídeo de uma garotinha emocionada ao ganhar uma boneca viralizou nas redes sociais. Madison Jade, de 3 anos, ganhou o presente na saída da escola e não podia acreditar quando viu que a boneca era a princesa Tiana, personagem do filme “A Princesa e o Sapo”, da Disney, e que tem a pele igual a de Madison.

Leia também: Menina se emociona com bolo e festa preparada por família, e foto viraliza

Jade tem apenas três anos, mas já é dona de um Instagram cheio de seguidores, que ficaram emocionados com o vídeo
Reprodução/Instagram
Jade tem apenas três anos, mas já é dona de um Instagram cheio de seguidores, que ficaram emocionados com o vídeo


No vídeo, a menina, que apesar de nova já tem um Instagram, diz que se emocionou ao se sentir representada. Negra, assim como a boneca , Madison fez muita gente chorar junto ao assistir sua reação espontânea e tão marcante.

“Eu a amo muito (princesa Tiana) porque ela tem pele cor de chocolate como eu”, disse a garotinha, aos prantos. A mãe dela, Janess Strickland, contou que resolveu presenteá-la com a boneca quando percebeu que sua filha estava triste.

Leia também: Jovem posta foto com uma espada para denunciar racismo em universidade; entenda

Na escola, Madison Jade já tinha sofrido com um coleguinha que ficou dizendo que gostaria de entender o motivo de sua pele ser mais escura. “Ele foi inocente. Não acho que perguntou com alguma malícia por trás, tem 3 anos também. Só disse a ela que a pele dela é bonita e é o que a torna especial”, relatou Janness em entrevista à BBC.

Sábia, a mãe de Madison explicou que as pessoas realmente são diferentes uma das outras e teve a ideia de comprar a boneca. “Falei que existem princesas com pele com cor de chocolate como ela”, completou a mãe, que não esperava tamanha repercussão.

Representatividade, até em bonecas, é importante para acabar com o racismo


Na internet, diariamente acompanhamos casos de racismo que poderiam ser evitados se os pais combatessem desde a infância. A filha do ator Bruno Gagliasso e de Giovanna Ewbank, por exemplo, já foi vítimas de muitos ataques e a luta de seus pais está inspirando outras pessoas a também tomarem providências.

Deborah Evelyn, que estava no ar recentemente na novela “Tempo de Amar”, da Globo, é uma das pessoas que apoia a luta do casal e acredita que a representatividade, como aconteceu no caso de Madison, pode contribuir muito para um futuro melhor.

“Eu achei muito interessante quando o Bruno (Gagliasso) falou que a Titi tem a sorte de ter os pais que podem, querem e que vão lutar por ela e defendê-la", diz ela. "Mas, a grande maioria das pessoas que passam por essa situação, qualquer tipo de preconceito, não tem essa oportunidade", completou a atriz.

Leia também: Menina de dois anos escolhe boneca negra e dá lição contra o racismo

Para ela, a atitude é significativa. "É muito importante o que eles estão fazendo, porque abre um precedente para todo mundo. Essa história tem que acabar”, afirma a global, que acredita que o caminho, além de brinquedos, como a boneca negra, está em mais atores negros na televisão para gerar identificação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.