Tamanho do texto

Amy Louise foi duramente criticada após compartilhar as fotos do ensaio que fez para o 1º ano do filho e decidiu explicar a inspiração que teve para o tema

Nos últimos anos, tornou-se comum fazer um ensaio fotográfico com bebês para comemorar os mesversários ou aniversários . No começo deste mês, inclusive, nós mostramos como é o "Smash the Fruit", versão em que os pequenos são fotografados devorando frutas . Mas uma mãe australiana escolheu algo bem polêmico para seu bebê de um ano devorar: um cérebro.

Além do ensaio fotográfico zumbi, os pais também fizeram a festa de aniversário do menino com o mesmo tema
Instagram/two_little_wilkos/Reprodução
Além do ensaio fotográfico zumbi, os pais também fizeram a festa de aniversário do menino com o mesmo tema

O tema do ensaio fotográfico era zumbi, e por isso a criança teve de devorar um bolo em formato de cérebro. Assim que ela compartilhou os cliques nas redes sociais, não deu outra, muitas mães criticaram a escolha do tema e o classificaram como de extremo mau gosto. Porém elas não sabiam o que levou os pais a escolherem essa versão de "Smash the Cake".

Em texto escrito pela própria Amy Louise, mãe da criança fotografada, e publicado no site australiano para mães "Kidspot", é revelado que o pequeno Phoenix realmente "voltou dos mortos" após um parto assustador.

"Ele se foi, certo? Ele está morto"

O nascimento de Phoenix foi longe de ser perfeito para toda a família. Assim que Amy deu à luz, os médicos descobriram que o menino não respirava. Os pais acompanharam tudo, desde o momento em que o ele foi retirado do corpo da mãe, até ser levado às pressas pelos especialistas sem soltar nenhum som, nenhum choro.

Da maca, Amy podia escutar os médicos assustados e toda a movimentação. O marido, Gary, estava ao seu lado, também em pânico e sem saber o que aconteceria com o filho. Depois de longos doze minutos sem batimentos cardíacos, um médico se sentou ao lado da mãe.

"Ele se foi, certo? Ele está morto", afirmou a mãe, mas o médico apenas apertou a mão de Amy. Para a australiana, aquilo foi como uma confirmação do que ela já sabia que tinha acontecido. 

Leia também: Birra de menino faz desconhecidas se unirem para ajudar mãe em aeroporto

"Eu tremia, estava passando por uma transfusão de sangue e tanta coisa estava contecendo que eu quase não ouvi, mas, perto do meu filho, uma enfermeira gritou 'Graças a Deus!!! Ele voltou!! Ele voltou!!'. Era verdade? Eu acabei de descobrir que perdi meu filho, mas ele voltou? Meu pequeno soldado, depois de 13 minutos sem batimentos cardíacos, ele estava vivo!" 

No relato emocionante da mãe, ela conta ainda outro detalhe importante da história de Phoenix. O pequeno nasceu no dia 31 de outubro, quando é celebrado o chamado "Dia das Bruxas", o Halloween.

Foram três dias na unidade de terapia intensiva até que mãe e filho pudessem, finalmente, se conhecer. Amy conta que tanto ela quanto o filho estavam fracos demais para se encontrarem, mas, no quarto dia após o parto, ela pôde segurar o bebê pela primeira vez. "Foi o dia mais maravilhoso e emocionante da minha vida."

Repercussão

O tema zumbi foi escolhido porque Amy queria algo que realmente representasse Phoenix e tudo o que o pequeno já passou. As fotos foram feitas em 2016, quando o menino completou um ano, mas Amy decidiu se pronunciar sobre as críticas em relação ao ensaio fotográfico apenas agora, com o texto publicado em 1º de março. 

"As fotos não foram bem recebidas por muitas mulheres quando eu as compartilhei nas redes sociais. Os comentários foram 'é absolutamente nojento colocar um bebê em um tema como esse', 'que tipo de mãe veste um filho como um bebê morto' e 'isso é tão ofensivo para todas as mães que já perderam um filho'."

Leia também: Cartunista cria a história do "cocô amigo" para ajudar filho durante o desfralde

Amy chegou até mesmo a ser excluída em alguns grupos no Facebook porque as administradoras e outras usuárias da rede social classificaram as fotos como "obscenas e ofensivas". Mas a mãe, que afirma ter sido "massacrada" por essas mulheres, acredita que elas só tiveram essa reação com o ensaio fotográfico porque não sabiam da história por trás deles. "Elas nem mesmo quiseram saber qual era", completa a australiana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.