Tamanho do texto

Americana Nia Tolbert sabia que havia algo de diferente nesta gestação porque todos os sintomas surgiram muito antes e bem mais intensos

Quem entende das noções mais básicas de matemática sabe que primeiro vem o número um, depois, o dois e, em seguida, o três. Foi assim também que funcionou para a americana Nia Tolbert, que primeiro engravidou de um menino, depois, de gêmeos e, agora, descobriu uma gravidez de trigêmeos!

Leia também: Entenda como acontece, os sintomas e características da gravidez

Pai brinca que quase desmaiou quando descobriu sobre a gravidez de trigêmeos da esposa, já que já tinham três filhos
Facebook/ Nia Tolbert/Reprodução
Pai brinca que quase desmaiou quando descobriu sobre a gravidez de trigêmeos da esposa, já que já tinham três filhos

“Eu sabia que tinha alguma coisa diferente nessa gravidez. Todos os sintomas vieram muito mais rápidos e intensos. Minha barriga ficou muito maior. Tudo chegou bem antes do que eu esperava”, explica a mãe em entrevista ao site “Today”.

Leia também: Após quatro filhos, mãe tenta última gestação e fica grávida de trigêmeos

Já no primeiro ultrassom que realizou, a mãe de apenas 28 anos foi questionada sobre múltiplos serem algo comum na família. Neste momento, ela sabia que estava certa ao pensar que poderia ser uma nova gestação de gêmeos. “Eu fiquei um pouco chocada, mas já havíamos passado por isso antes.”

Supresa tripla

Só que Nia não tinha acertado em sua suposição sobre a gestação. A médica que fazia o exame no dia decidiu fazer mais algumas imagens do útero de Nia e descobriu não só dois bebês, mas três crianças sendo geradas. “Eu só disse: ‘você pode me certificar de que não há quatro crianças?’.”

A mãe, agora de seis, ficou tão preocupada com a reação do marido que apenas deixou para ele um bilhete escrito “Te amo” ao lado da foto do ultrassom em que apareciam os três bebês.  “Eu desmaiei”, brinca o pai, Robert, de 31 anos. “Eu abri e fechei meus olhos diversas vezes e pensei: ‘Uou, isso é vida real’.”

Leia também: "Estrias são testamento dos milagres do meu corpo", diz mãe após gerar gêmeas

Há algumas semanas, a família descobriu que serão três meninas para o completar o time já composto por Shai, de seis anos, e os gêmeos idênticos Riley e Alexander, de dois anos. Nia ainda não sabe o porquê da facilidade de gerar múltiplos, e questionada sobre uma quarta gravidez foi bem direta: “Com certeza não. Tenho certeza de que não teremos mais filhos depois das meninas.”

    Leia tudo sobre: Gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.