Fotógrafa compartilhou foto das marcas que a gravidez deixou em seu corpo

Por mais que as mulheres se cuidem durante uma gestação , muitas vezes não é possível evitar marcas após o nascimento dos filhos. No caso da jovem Hayley Garnett, uma barriga que cresceu rápido demais por conta da gravidez de gêmeas resultou em várias estrias. Mas apesar da sociedade ainda considerar essas marcas como “imperfeições”, a resposta que Hayley deu para seu filho mais velho sobre o assunto mostra que as mães podem ter, sim, orgulho das “listras”.

Leia também: Entenda como acontece, os sintomas e características da gravidez

Estrias da fotógrafa Hayley Garnett foram causadas por uma gravidez difícil, em que a barriga cresceu muito e rapidamente
Instagram/th3littlestavenger/Reprodução
Estrias da fotógrafa Hayley Garnett foram causadas por uma gravidez difícil, em que a barriga cresceu muito e rapidamente

“Feliz uma semana de nascimento, moças. Esta manhã, meu filho Archer me perguntou o que havia de errado com minha barriga, e eu o expliquei que todos os meus bebês deixam marcas nela para que eu nunca esqueça que eu os gerei no meu corpo, sozinha, e que agora ele estão lado a lado comigo”, escreveu a mãe em seu Instagram. Junto, ela compartilhou uma foto tocante em que deixa a mostra sua barriga, suas estrias e as duas filhas mais novas.

“Uma lembrança eterna, mesmo que eu não esteja totalmente confiante sobre essas marcas. Sem dúvida, um testamento dos milagres do meu corpo.”

Gravidez

Em texto da fotógrafa publicado nesse domingo (12) na página do Facebook “Love What Matters”, ela explica que a segunda gravidez, das gêmeas, foi muito diferente da primeira, quando gerou apenas uma criança. “Tive enjoos o tempo todo, cresci tão rápido que achava que minha barriga estava, literalmente, rasgando e no último mês foi simplesmente difícil demais me movimentar.”

Leia também: 47% das mulheres já se sentiram rejeitadas para emprego por conta da maternidade

Ao mesmo tempo, ela também estava mentalmente estressada com as preocupações normais da maternidade. Ela não sabia como o filho reagiria com duas bebês exigindo a atenção dos pais, sendo que, até então, eram só os três e mais ninguém. Ela também não sabia que como seria bancar duas bebês ao mesmo tempo – e revela que ainda não sabe bem como fará isso.

Apesar de tudo, a mãe afirma que se sente animada e sortuda por ter ganhado duas vidas de uma só vez.

Repercussão

Em pouco mais de 24 horas, a foto e o relato ganharam mais de 11 mil curtidas e 306 compartilhamentos no Facebook. Já na página pessoal de Hayley no Instagram, foram quase 11 mil likes em quatro dias de publicação.

Leia também: Crianças devem fazer musculação? Para essa mãe personal trainer, com certeza

Isso sem contar as centenas de comentários. Entre eles, o relato de uma mãe que exemplifica bem a necessidade de também se falar das marcas que a gravidez deixa nos corpos de muitas mães, como as estrias, e que não podem ser retratadas como imperfeições: “Esta é exatamente a mesma situação em que eu estive há meses, quando tive meus gêmeos. Eu amo que você esteja confiante em seu próprio corpo e te parabenizo por isso. Mas eu não. Me sinto deprimida, desencorajada e feia no meu próprio corpo. Eu amo meus meninos e faria tudo de novo por eles, mas é difícil encarar a realidade.”

    Leia tudo sobre: Gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.