Tamanho do texto

Ela achou que estava com dor de barriga após comer um lanche, mas chegando no hospital descobriu que estava grávida e prestes a dar à luz

Depois de uma jornada de trabalho cansativa, Adele Ducan, 23 anos, passou em uma rede de fast food para comprar o jantar e foi para casa. Logo depois de ir para cama, a jovem sentiu uma dor estomacal muito forte e começou a sangrar.  Adele suspeitou que o lanche não tinha caído muito bem, mas chegando ao hospital teve uma surpresa: estava grávida e em trabalho de parto.

Leia também: Entenda como acontece, os sintomas e características da gravidez

Ela achou que estava com dor de barriga, mas chegando ao hospital descobriu que estava grávida e em trabalho de parto
Reprodução/Facebook
Ela achou que estava com dor de barriga, mas chegando ao hospital descobriu que estava grávida e em trabalho de parto

“Todo mundo pode ficar um pouco chocado, como eu ainda estou. Ainda não consigo entender tudo, mas eu gostaria que todos conhecessem o bebê Ducan”, escreveu a nova mamãe nas redes sociais. Adele conta que o parto durou cerca de 20 minutos e que quando a filha foi colocada nos seus braços ainda não conseguia entender o que estava acontecendo.

“Eu a amei no mesmo instante que a conheci, mas não tive tempo de pensar que estava grávida”, disse Adele. A jovem completou a publicação afirmando que, apesar do susto, ela e a criança estão muito bem e saudáveis.

Leia também: Grávida de nove meses choca ao levantar peso na academia

Mais detalhes

Em entrevista ao site “The Sun”, Adele disse não saber ao certo mês que o bebê foi concebido, mas suspeita quem seja o pai da criança. Segundo a jovem, eles tiveram uma briga da época, mas continuam amigos.

Ela reconheceu que não usou nenhum método contraceptivo, mas garantiu que nunca suspeitou da gravidez. Afinal, sua menstruação sempre foi irregular e ela não percebeu nenhum outro sintoma além de cor nas costas. “Eu não percebi nada de diferente”.

Leia também: Jovem relata a experiência de ter dois úteros e dar à luz uma criança

Como não sabia que estava esperando um bebê, Adele conta que continuou fumando até 30 cigarros por dia e consumindo bebidas alcoólicas. Felizmente, ela conta que nos últimos meses diminuiu o consumo de álcool, mas não por saúde e, sim, porque precisava economizar dinheiro.

Mesmo sem fazer acompanhamento pré-natal e estar totalmente despreparada para a chegada do bebê, Adele não enfrentou nenhuma dificuldade na hora do parto e diz que já se sente mais preparada para a maternidade.

    Leia tudo sobre: gravidez