Tamanho do texto

Brincadeiras, inventivos e até jogos online podem pode desenvolver funções executivas que vão ajudar as crianças a controlarem os impulsos

Estabelecer limites para os filhos é um desejo de muitos pais, pois saber controlar os impulsos é algo que os ajudará a enfrentar diversas situações futuras. Para isso, é preciso treinar com a criança o controle, a memória e como ser flexível, o que é possível fazendo atividades, brincadeiras e até jogos online.

Estimule a criança com brincadeiras e atividades para estabelecer limites
Shuttersock
Estimule a criança com brincadeiras e atividades para estabelecer limites


Aprender brincando é uma forma de desenvolver a fala das crianças

Não são só números, cores e linguagem que as crianças precisam aprender. Para saber ter limites,  desde pequeno é necessário desenvolver capacidades para vão ajuda-lo no presente e no futuro, para conviver e trabalhar com outras pessoas, ignorar as muitas distrações existentes e conseguir lidar com múltiplas demandas.

Funções executivas

Ao trabalhar isso com os filhos, você estará desenvolvendo funções executivas no cérebro da criança. A especialista no assunto e Diretora Pedagógica Nacional do Método SUPERA, Solange Jacob, explica que esses processos cognitivos se dão na região do córtex pré-frontal do cérebro.

“Funções executivas são um grupo de habilidades que nos ajudam a focar em múltiplos fluxos de informação ao mesmo tempo, monitorar erros, tomar decisões com base em informações disponíveis, rever planos e, se necessário, resistir à tentação de deixar a frustração nos conduzir a ações precipitadas”, explica a especialista.

Desenvolvendo habilidades

De acordo com os pesquisadores, esse processo pode desenvolver três categorias de competências: controle inibitório, memória de trabalho e flexibilidade cognitiva.

Quando você faz uma criança revezar com outras alguma atividade, por exemplo, ele desenvolverá o controle inibitório , pois terá que parar o que está fazendo para outra criança continuar e quando for a vez dele voltar a fazer o que tinha parado. Também terá que lembrar onde parou na rodada anterior, treinando a memória de trabalho

12 atividades simples para ajudar seu filho a desenvolver a coordenação motora

Já o “passa-anel” é uma brincadeira marcada pela repetição. Se colocar como regra que, se alguém errar, a brincadeira deve continuar, a criança precisará estar atenta para seguir a brincadeira sem se perder, gerando algo que os especialistas chamam de flexibilidade cognitiva .

Estímulos dos pais

Para que a criança se desenvolva é necessária a atenção dos pais
Getty Images
Para que a criança se desenvolva é necessária a atenção dos pais


Fique atento! Segundo Solange, os filhos só conseguem desenvolver essas habilidades se os pais estimularem em casa e tiverem um bom relacionamento com a criança. Para ficar mais claro a especialista deu algumas dicas que vão auxiliar nessa tarefa:

- Você é o espelho! Para Solange, é importante manter uma relação positiva com filho, isso o ajudará a lidar com situações estressantes;

- Além de ser positivo, é preciso ser afetuoso e sensível às necessidades do pequeno;

- Cobrar disciplina é necessário, mas use métodos brandos para isso, como o diálogo e sugestões, principalmente nas situações que você quiser que ele faça ou deixe de fazer alguma coisa;

- Outra indicação da especialista é incentivar o filho a ser independente, ajudando apenas quando ele precisar;

- Busque manter as atividades domésticas e a rotina consistentes e organizadas;

10 dicas para estimular a criatividade infantil

- Incentive os filhos a serem criativos, com brincadeiras sociais de faz-de-conta em que ele possa criar ou adaptar histórias e interagir com outras crianças da mesma idade;

- Use a tecnologia a seu favor! Procure jogos infantis online que estimulemo cérebro;

- É importante que os pequenos participem de aulas de meditação, música, artes marciais, dança, ginástica cerebral ou atividades aeróbicas. Elas motivam e são desafiadoras.

- E não deixe de perguntar ao professor como o seu filho está se ajustando ao participar das atividades diárias e se ele tem limites dentro da sala de aula.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.