Tamanho do texto

Entender os sinais do corpo e como o desejo se manifesta é importante para retomar as relações no pós-parto. Confira outras dicas

A chegada de um filho muda completamente a vida dos pais. São novas informações, descobertas e cuidados. Consequentemente, a intimidade do casal pode ser afetada ainda na gestação. Muitos casais encontram dificuldades para retomar a vida sexual após o nascimento do bebê. Para solucionar o problema,  o site britânico "The Mirror" listou algumas ações e práticas a serem adotadas pelo casal. Confira:

+ Sexo na gravidez: relações são liberadas no pós parto? Especialista tira dúvidas

Pequenas práticas podem ajudar o casal retomar a vida sexual
Pinterest
Pequenas práticas podem ajudar o casal retomar a vida sexual

1) Certifique-se de que está tudo bem

Depois da gestação e do parto, o corpo da mulher precisa de um tempo para se recuperar antes de retomar o sexo .  Principalmente no caso de cesárea, já que ela passou por uma cirurgia e existem alguns pontos. É importante checar se está tudo bem com o útero e a vagina antes de voltar com a vida sexual . Caso contrário, há risco de infecção ou da mulher sentir muita dor durante o ato. 

2) Seja paciente

O nascimento de um filho afeta mães e pais de formas diferentes. Por isso, além do corpo, tanto a mulher quanto o homem precisam estar se sentindo bem emocionalmente.  É fundamental que os parceiros não se pressionem para voltar com as relações enquanto o outro ainda não estiver preparado para isso. E o mais importente:  o casal deve sempre conversar sobre como se sente. 

3) Entenda o desejo (ou a falta)

Por conta das alterações hormonais, comum que no período pós-parto, a líbido da mulher diminue. Isso também pode acontecer com os homens. No caso deles, a falta de desejo sexual está ligado ao estresse e à exaustão do período. 

Em outros casos, a falta de interesse pode estar ligada a algo mais grave, como uma depressão pós-parto. Se a falta de interesse sexual persistir e estiver acompanhada de ansiedade, procure ajuda médica. 

+ Conheça e saiba como funcionam os métodos contraceptivos de longa duração

4) Proteja-se 

Mesmo que a mulher ainda não esteja completamente pronta para voltar às relações, a fertilidade pode voltar em cerca de 21 dias após o parto, antes da primeira menstruação. Por conta disso, é muito importante pensar em métodos contraceptivos antes de voltar com o sexo. 

5) Durma bem

A fadiga é comum após o nascimento do bebê e enquanto ela permanece, o ideal é não voltar à vida sexual ainda. Pode parecer difícil, mas tanto a mulher quanto o homem deve tentar manter o sono e o descanso em dia para estarem dispostos. Então, não se prive do sono para manter relações! 

6) Atente aos sinais de seu corpo

Por conta da amamentação, algumas mulheres podem sentir-se desconfortáveis com o toque no seio ou então sentir ainda mais prazer com isso. O processo de amamentação também altera o equilíbrio hormonal, podendo levar à secura vaginal. Nesse caso, o casal pode solucionar com um lubrificante. 

7) Fortaleça o relacionamento

A dinâmica do casal muda com a chegada de um filho e, mesmo que inicialmente isso signifique a retomada da vida sexual, pode ser uma boa oportunidade para o casal fortalecer a relação em outros aspectos. 

+ Dez perguntas respondidas sobre o sexo no casamento

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.