Tamanho do texto

Saiba quais são os sinais que o bebê dá quando vai nascer e indicam que é hora de se preparar para o parto

Você já está na reta final da gestação e começou a sentir contrações. Será que ser bebê já vai nascer? Especialistas detalham como funciona o trabalho de parto e explicam como interpretar a contrações e se preparar para o nascimento de seu filho.

Antes do trabalho de parto

O trabalho de parto é divido em fases. A primeira é chamada de fase latente ou pródromo e também é conhecida como falso trabalho de parto. “A mulher tem contrações que incomodam mas não doem e podem causar uma pequena dilatação: de dois a três centímetros”, explica a enfermeira obstetra Cinthia Calsinski.

Nesta fase, as contrações ainda acontecem em um intervalo de tempo maior do que 30 minutos e não tem um ritmo, ou seja, o intervalo entre elas varia.

.
Thinkstock/Getty Images
.


Vai nascer

O trabalho de parto ativo, segunda fase do processo, indica que o nascimento do bebê está próximo. Veja abaixo os sinais de que é hora de ir para o hospital:

1– Contrações doloridas e ritmadas
O principal sinal de que o trabalho de parto ativo começou são as contrações ritmadas. E elas começam a ser doloridas. “Em termos práticos é quando tem dor nas contrações”, explica o ginecologista e obstetra Maurício Sobral.

No trabalho de parto ativo, o intervalo fixo entre as contrações pode ser desde 30 até 3 minutos.

2– Eliminação do tampão seguido de contrações
O tampão é o nome popular da Rolha de Schröder, uma secreção que fica no fim do colo do útero e funciona como um impermeabilizante, de acordo com Cinthia: “Ele impede que as bactérias da vagina ou de uma possível infecção contaminem o liquido amniótico".

Apenas a eliminação do tampão, que é percebida por um pouco de sangue, não significa que se está em trabalho de parto. Cinthia conta que ele pode sair até 15 dias antes do parto e, se isso acontecer, é preciso tomar alguns cuidados, como não ter relações sexuais, além de procurar o médico.

É sinal de trabalho de parto quando o tampão sai e é seguido de contrações doloridas.

3– Estourar a bolsa
A ruptura da bolsa amniótica também é um sinal que o trabalho de parto começou e o bebê está perto de nascer. "Mas não precisa ir correndo para o hospital. Pode tomar banho, arrumar as coisas do bebê", diz Cinthia.

Ela afirma que a criança pode nascer até 24 horas depois do rompimento do saco amniótico, mas geralmente é recomendada a antibioticoterapia depois de seis horas de ter a bolsa rompida.

Alerta

Fique atenta se nenhum desses sinais acontecerem até as 40 semanas de gestação. Após esse período, aumentam os riscos para o bebê, que pode ter alguma complicação e até morrer na barriga da mãe. 

"Ao passar de 40 semanas, os cuidados com a mãe e bebê devem ser diários", diz Maurício, ao mencionar a verificação da vitalidade fetal e alguns parâmetros maternos - como a pressão arterial. A gestação, alertam os especialistas, não deve passar de 42 semanas. Nesse caso, se a mulher não entrar em trabalho de parto, é feita a cesárea ou a indução do parto por meio de medicamentos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.