Tamanho do texto

Menino que nasceu com a Síndrome de Pfeiffer virou meme na internet e é vítima de cyberbulling

Jameson nasceu com a Síndrome de Pfeiffer
Reprodução/BBC
Jameson nasceu com a Síndrome de Pfeiffer

A americana Alice-Ann foi surpreendida ao ver um meme envolvendo seu filho, Jameson, circular no Facebook.

Leia também:  Nas redes sociais, feministas evangélicas se unem contra duplo preconceito

A imagem comparava o menino, que nasceu com a Síndrome de Pfeiffer, com um cachorro da raça pug.

Alice-Ann com seu filho Jameson
Reprodução/BBC
Alice-Ann com seu filho Jameson

"Não vi a mínima graça no meme. E não entendo como alguém pôde fazer isso", diz ela, em entrevista à BBC.

Leia também: Mãe de adolescentes com microcefalia ajuda nova geração a desafiar limites

A Síndrome de Pfeiffer, que afeta um a cada 100 mil nascimentos, se caracteriza por anomalias cranianas e faciais.

Alice-Ann decidiu contra-atacar. Mas não foi fácil.

"Era um jogo de gato e rato. Todas as vezes que denunciávamos a foto, outra surgia em instantes", relembra ela.

Leia também: Convulsões, preconceito e falta de estrutura: o drama de um caso grave de microcefalia

Alice-Ann criou, então, uma página no Facebook explicando a doença de seu filho e pediu às pessoas que parassem de compartilhar o meme.

"Muita gente veio falar comigo e pediu desculpas. Elas disseram não saber que se tratava de uma criança real. E me agradeceram por compartilhar o que ele (Jameson) tem e outros detalhes da doença", explica.

Clique para ver o vídeo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.