Tamanho do texto

Stacey Barnard tatuou desenho de aparelho auditivo para apoiar a filha deficiente auditiva: "A amo e me orgulho dela"

A australiana Stacey Barnard já não sabia mais o que fazer para convencer a filha, Georgia, de 7 anos, que é deficiente auditiva, de que os aparelhos eram muito importantes para o seu desenvolvimento e contato com outras pessoas. A menina odiava os acessórios e a mãe, então, tomou a decisão de fazer uma tatuagem reproduzindo o aparelho para dar apoio à menina. 

Stacey tatuou o aparelho auditivo da filha Georgia
Reprodução
Stacey tatuou o aparelho auditivo da filha Georgia


"Era frustrante porque eu queria que ela escutasse o mundo em volta, mas ela odiava os aparelhos. Sem eles, ela teria um atraso na fala, então, obtê-los foi a prioridade, mas ela não entendia isso". 

Georgia entrou para a escola e as coisas só pioraram. Uma das professoras, inclusive, chamou Stacey para conversar e alegou que a menina não estava dentro dos padrões da instituição porque sua deficiência poderia ser um problema para estudantes e professores. Depois de mudar de escola, Georgia continuou sofrendo bullying dos outros estudantes, afirma a mãe.

Georgia sempre teve o apoio e companhia da mãe
Reprodução
Georgia sempre teve o apoio e companhia da mãe

Vendo o sofrimento da filha, Stacey decidiu tatuar um aparelho auditivo igual. "Tenho orgulho de ter isso na minha pele para o resto da minha vida. Mesmo que os aparelhos evoluam e se tornem menores e menos visíveis, estou 100% feliz de andar com o primeiro usado pela minha filha. É uma homenagem pelo quão forte ela é, pelo quanto eu a amo e me orgulho dela.".

Além do aparelho de audição, a tatuagem ainda tem o nome de Georgia e uma borboleta, símbolo da surdez
Reprodução
Além do aparelho de audição, a tatuagem ainda tem o nome de Georgia e uma borboleta, símbolo da surdez


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.