Renee Landers começou a praticar bodybuilding depois de anos sem poder fazer exercícios por fortes dores nas costas
Reprodução
Renee Landers começou a praticar bodybuilding depois de anos sem poder fazer exercícios por fortes dores nas costas

Uma empresária de 70 anos ficou popular pelo seu físico de bodybuilder e por ter começado a seguir a carreira como atleta. Renee Landers, que vive em Houston, nos Estados Unidos, treina cinco dias por semana e começou a competir aos 69 anos. Em maio de 2021, ela competiu profissionalmente pela primeira vez e ficou em sexto lugar.

Renee Landers começou a praticar bodybuilding para recuperar a forma física depois de uma cirurgia para corrigir as dores nas costas que sentia por anos. Ela entrou no esporte em 2010.

A empresária conta que sempre gostou de treinar e que chegava a correr quase 10 km todos os dias até ter o seu filho, Garrett, que hoje a auxilia na carreira. Ao Daily Mail, ela conta que correu até os cinco meses de gravidez. No entanto, depois do parto, ela passou a sentir fortes dores nas costas que não a permitiam treinar.

Entre no canal do  iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre universo feminino!

"Eu tinha medo de não poder andar mais porque sentia muita dor. Cheguei a comprar equipamentos e kits para me preparar para uma vida em que eu não poderia me mexer", lembra Renee ao portal.

Em 2009, ela realizou uma cirurgia para corrigir a lesão nas costas que a permitiu voltar a treinar. No ano seguinte, ela contratou um personal trainer para ajudá-la a voltar a se mexer e retomar a forma física que tinha antes.

Renee treina rigorosamente os biceps e triceps cinco vezes na semana e não quer parar tão cedo, tampouco diminuir o ritmo. Ela diz que se considera sortuda por conseguir treinar. "Não vejo a hora de competir novamente. Estou me divertindo muito", diz.

A empresária já participou de quatro competições no Texas e na Califórnia, e conta que ficar em sexto lugar em um deles foi "o destaque de sua vida". "Depois de ter meu filho e meus netos, esse foi o melhor dia da minha vida. Estou mais em forma do que já estive na vida e me sinto melhor do quando estava nos meus 20 anos".

Além do treinamento rigoroso, Renee conta que precisou mudar sua dieta para conseguir causar as transformações no corpo. Além de peixe, ela não come nenhum outro tipo de carne e come proteínas cinco vezes ao dia.

Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram !

"É preciso mudar os hábitos alimentares. Os músculos são feitos na cozinha. Você pode malhar como doida, mas se não tomar cuidado com o que come, não vai mudar nunca", conta Renee.

Como conselho para outras mulheres que querem alcançar a mesma forma física ou competir, ela diz que é importante manter a positividade: "Minhas netas me chamam de f*dona e quero inspirar outras pessoas a perceberem que também podem ser f*donas aos 70, como eu", finaliza.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários