A comida pode virar uma válvula de escape em alguns casos de problemas ou questões emocionais. Foi o que aconteceu com a norte-americana Justine McCabe. Ela passou a descontar na comida toda a angústia e tristeza após enfrentar perdas na família. Depois de chegar aos 142 kg, o hábito de tirar selfie a ajudou a emagrecer e voltar à boa forma. 

Leia tudo sobre dieta

undefined
Reprodução/Instagram
Uma selfie de antes e outra de depois de Justine McCabe


A selfie virou uma grande aliada de Justine. Por um ano ela tirou fotos diariamente diante do espelho para acompanhar o progresso. Agora, com o peso que considera ideal, ela segue com alimentação balanceada e exercícios e é inspiração para os mais de 98 mil seguidos no Instagram. Veja os detalhes dessa história. As informações são do programa de TV norte-americano "Today". 

Perdas na família e os 142 kg

Justine tem 31 anos é da Califórnia, nos Estados Unidos. Em 2013 ela perdeu a mãe, que era obesa e morreu por conta de complicações com a quimioterapia. Na época, Justine pesava em torno de 130 kg. A comida era a tal válvula de escape para cabeleireira. 

Em fevereiro de 2015, o marido de Justine, que sofria de depressão, cometeu suícidio. Mais uma vez, ela passou a descontar todos os sentimentos na alimentação. "Aquilo me destruiu. Não sabia mais o que fazer", conta ao "Today". Justine se viu sozinha, com dois filhos e cada vez mais obesa. Ela chegou a pesar em torno de 142 kg. 

Primeira selfie

A hair stylist conta que passou por um período de luto e viu que precisava de uma mudança na vida. Em abril de 2015, Justine finalmente foi para academia e começou a se exercitar. Ela detalha que, no tempo que ficou em um aparelho que simula corrida - elíptico - chorou diversas vezes pensando em como estava a vida nos últimos dois anos.

Para provar que estava realmente se exercitando, faz uma selfie e mandou para amigas e familiares. No dia seguinte, voltou à academia e repetiu a cena, tirando outra foto para mostrar que estava lá. A rotina se manteve, e as selfies viraram um hábito. 

Depois de um mês, ela havia perdido 13 kg. Então, com acompanhamento médico, mudou a dieta e aprendeu a seguir uma alimentação balanceada. Em seis meses, Justine havia eliminado 34 kg. 

Mulher perde 45 kg ao tirar apenas um ingrediente de seu cardápio

Mais exercícios e mais selfies

As fotos diárias serviram de motivação, afirma Justine. Estudos já indicaram que essa é uma maneira de acompanhar a evolução e não desistir no meio de uma dieta. A tática realmente funcionou para a norte-americana. 

Em 2016, Justine começou a malhar com um personal trainer e seguiu emagrecendo. Em aproximadamente um ano, ela perdeu 56 kg. 

Em meados de 2016, Justine postou um compilado de selfies em sua rede social. A montagem já teve mais de 250 mil visualizações. 


Inspiração

Justine mostra o dia-a-dia em seu perfil no Instagram e conta com milhares de seguidores. Nos posts, ela faz questão de ressaltar que toda a mudança não foi simples, mas que recompensou. Agora, o que sobrou de pele na barriga ou as outras marcas pelo corpo dos tempos que era obesa são exibidos sem ressentimentos. 

Como emagrecer 92 kg? Ela passou por esse processo e dá as dicas

"Não há necessidade de ser perfeito para inspirar os outros. Deixe que os outros se inspirem também pelos seus defeitos. Seja real, seja você e apenas respire", escreveu na legenda de um vídeo selfie na qual mostra o corpo enxuto, porém com ainda com excesso de pele na barriga. 


    Leia tudo sobre: dieta

    Veja Também

      Mostrar mais