Meirivone e o
Reprodução/Facebook
Meirivone e o "marido", Marcelo

A faxineira Meirivone Rocha, de 37 anos, se casou de uma forma diferente no sábado (18). O noivo em questão foi um boneco de pano, apelidado por ela de Marcelo. Em entrevista, a mulher conta que o que a levou a realizar a cerimônia foi o desespero de ter sua casa própria. 


"Eu fiz isso, justamente, para chamar atenção na internet e fazer com que a minha história chegue a pessoas que podem me ajudar", disse ao portal R7. A festança foi grande e sem faltar nada de um casamento tradicional: teve cerimônia, buffet e até DJ. 


Formada em pedagogia, Meirivone nunca exerceu a profissão e para se manter, participa de um programa em uma rádio local de Rio Paraíba, em Minas Gerais, mas o retorno financeiro não é o suficiente. Ela vive com os dois filhos adolescentes, de 14 e 19 anos, e viu no casamento de mentira uma forma de pedir ajuda. 


"O aluguel está em dia, mas estou com outros boletos atrasados. A conta de energia está atrasada", contou. Antes da cerimônia, Meirivone levou cerca de um mês preparando o evento e conseguindo patrocinadores e parceiros, que doaram grande parte da festa. 

Meirivone e o
Reprodução/Facebook
Meirivone e o "marido", Marcelo, na noite de núpcias


Estavam presentes cerca de 300 pessoas entre familiares e amigos. O noivo foi feito pela mãe da faxineira durante a pandemia, para que ela pudesse em lives de humor feitas na internet. Depois da cerimônia, o "casal" partiu para um motel para a noite de núpcias acompanhado de um terceiro acompanhante: o parceiro real de Meirivone. A história, compartilhada pela mulher na internet, está viralizando e ela afirma ter ganhado alguns presentes de casamento. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários