Julia Doucournau é a diretora de
Divulgação
Julia Doucournau é a diretora de "Titane"

Em 74 anos do festival cinematográfico de Cannes, Julia Ducournau é a segunda mulher a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes, por seu filme "Titane". A primeira foi Jane Campion, em 1993, por "O Piano", mas ela dividiu o prêmio com Chen Kaige por "Adeus Minha Concubina".

Esse é o segundo filme de Ducournau, após "Raw"."Titane" conta a história de uma jovem mulher que sobrevive a um acidente automobilístico na infância e passa a sentir atração erótica por carros na vida adulta.

O Brasil, que concorria na seleção oficial com dois curtas-metragens, acabou levando menção honrosa nesta categoria pelo paulista "Céu de Agosto", de Jasmin Tenucci, sobre uma mulher grávida que frequenta uma igreja neopentecostal e vive sob os efeitos da poluição advinda das queimadas. Sideral, curta potiguar do diretor Carlos Segundo, foi aplaudido de pé ao final de sua exibição no festival.

N cerimônia de encerramento do festival, Spike Lee, o presidente do júri, anunciou o filme vencedor mais cedo que o previsto após um mal entendido. Depois de momentos de desconforto entre o público, todos se reorganizaram e o evento seguiu sem grandes problemas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários