Mãe de Kathlen fala sobre assassinato da filha
Reprodução
Mãe de Kathlen fala sobre assassinato da filha

A mãe de Kathlen Romeu, de 24 anos, grávida que foi morta em uma operação da PM no Complexo do Lins, na Zona Norte do Rio, afirmou, na manhã desta quarta-feira (9), em entrevosta feita no Instituto Médico-Legal (IML), que o disparo que matou a filha foi feito por um policial militar.

"Se a minha filha fosse morta por bandido eu não falaria nada com vocês porque eu sei que eu moro em um lugar que eu não poderia falar. Então ficaria na minha. Mas não foi. Foi a polícia que matou a minha filha. Foi a PM que tirou a minha vida, o meu sonho", disse Jaqueline de Oliveira Lopes.

A designer de interiores era filha única e ela e Jaquelina haviam se mudado do Complexo há cerca de um mês.

"Parem de matar a gente! Essa bagunça está no Lins há muito tempo. Eu me mudei do morro no dia 24 de abril, se não me engano. Estou todo este tempo sem ver a minha mãe direito, vi só duas vezes. E a ela falando: 'Não vem aqui, pois todo mundo está relatando tiroteio a esmo'", afirmou a mãe de Kathlen.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários