Lady Gaga participou de série sobre saúde mental e falou sobre abuso sofrido
Marcelo de Assis
Lady Gaga participou de série sobre saúde mental e falou sobre abuso sofrido

Lady Gaga, de 35 anos, fez uma revelação chocante e emocionante em trecho que foi divulgado da série "The Me You Can't See" sobre saúde mental e abusos. O projeto, da Apple TV, teve Oprah Winfrey e príncipe Harry como produtores executivos.

Lady Gaga deu o seu depoimento no primeiro episódio. "Eu tinha 19 anos, já trabalhava no ramo e um produtor me disse: 'tire a roupa' e eu disse não. Eu saí e eles me disseram que iriam queimar todas as minhas músicas. E não pararam. Eles não pararam de me perguntar, e eu simplesmente congelei e eu... não consigo nem lembrar. Primeiro senti uma dor total, depois fiquei paralisada", disse a artista, emocionada.

A cantora não revelou o nome do produtor por querer manter distância completa. Ele a abandonou na rua após o abuso e ela descobriu a gravidez após sentir dores fortes.

"A pessoa que me estuprou me deixou grávida em uma esquina na casa dos meus pais, porque eu estava vomitando e enjoando. Fiquei trancada em um estúdio por meses", contiuou o relato.

Gaga também revelou ter tido um surto psicótico após o trauma e disse acreditar que as dores com as quais ela sofre atualmente são ligadas ao episódio. "Tive um surto psicótico total e, por alguns anos, não fui a mesma garota. A maneira como me sinto quando sinto dor é como me senti depois de ser estuprada. Já fiz tantas ressonâncias magnéticas e exames que não encontraram nada. Mas seu corpo se lembra", explicou.

Você viu?

A vencedora do Oscar também falou sobre a luta para superar e o seu processo de cura. Ainda recentemente, Lady Gaga disse ter aprendido a lutar contra a automultilação. “Você acha que vai se sentir melhor porque está mostrando a alguém: 'Olha, estou com dor'. Mas não ajuda."

"Tudo começou a mudar lentamente", contou ela, sobre a superação.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários