Marielle Franco
Divulgação/PSOL
Marielle Franco


Anitta está divulgando seu novo projeto internacional, o 'Girl from Rio'. Para isso, a cantora vem mostrando histórias de mulheres que, assim como ela, têm uma grande idenficação com a cidade do Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira (7), ela fez uma homenagem a Marielle Franco, assassinada em março de 2018.

"Marielle Francisco da Silva, conhecida como Marielle Franco, nascida no Rio de Janeiro, foi uma socióloga e política brasileira. Mulher negra, de origem pobre, Marielle cresceu na favela da Maré e foi eleita vereadora do Rio em 2016, com a quinta maior votação", começa Anitta, em inglês.

"Marielle defendeu o feminismo, os direitos humanos e criticou a intervenção federal no Rio de Janeiro e também da Polícia Militar, tendo denunciado diversos casos de abuso de autoridade por policiais contra moradores de comunidades carentes", continuou. 

Você viu?

"Ela nunca se calou e levantou questões importantes em sua carreira política. Até que, em 14 de março de 2018, foi morta a tiros no Rio de Janeiro, junto com seu motorista, Anderson Gomes", escreveu.

"Seus familiares pedem justiça há três anos e o Brasil quer saber 'quem ordenou a morte de Marielle Franco?'", disse Anitta, cobrando respostas.

"Em julho de 2018, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro aprovou uma lei que consolidou o dia 14 de março no Calendário Oficial do Estado do Rio de Janeiro como 'Dia de Marielle Franco - Dia de Combate ao Genocídio da Mulher Negra'", finalizou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários