Fundadora do
Twitter/Reprodução
Fundadora do "Geledés", a escritora e ativista Sueli Carneiro recebeu o prêmio "LASA"

A fliósofa, ativista do feminismo negro no Brasil e criadora do Instituto Geledés, Sueli Carneiro, recebeu um prêmio na última sexta-feira (5) pelo seu papel nos estudos latinoamericanos.

O prêmio se chama Kalman Silvert Award e é feito pela Associação Latinoamericana de Estudos (LASA) com o objetivo de reconhecer figuras que tiveram contribuições significativas para esses estudos.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários