foto da obra
Reprodução/Twitter
Vagina de 33 metros está na Zona da Mata Sul em Pernambuco


Imagine que você está fazendo um passeio em meio à Zona da Mata Sul de Pernambuco e dá de cara com uma  vagina de 33 metros de altura, 16 metros de largura e 6 metros de profundidade. Sim, isso existe e foi feito por uma artista visual que quis questionar a relação entre a natureza e a cultura na sociedade ocidental à que ela se refere como falocêntrica e antropocêntrica.


O nome da obra é Diva, de acordo com Juliana Notari, artista por trás do processo criativo. A ideia surgiu quando ela fazia uma residência artística na Usina de Arte, e levou 11 meses para ficar pronta. Cerca de 20 engenheiros trabalharam durante esse tempo para construir a obra, que foi totalmente moldada à mão.

“Diva, no final das contas, é uma grande escultura feita à mão. Como demonstrou Roberto, o engenheiro arretado responsável pela obra, não era possível usar uma escavadeira porque ela não permitiria esculpir com precisão os relevos que precisava”, contou Notari em uma postagem em seu Facebook, que viralizou.


Na postagem, ela ainda explicou porque decidiu fazer a obra de arte e o que ela de fato representa. “Em Diva, utilizo a arte para dialogar com questões que remetem a problematização de gênero a partir de uma perspectiva feminina aliada a uma cosmovisão que questiona a relação entre natureza e cultura na nossa sociedade ocidental falocêntrica e antropocêntrica”, afirma.

Em meio a tantas rochas no meio do caminho desse ano distópico, finalmente termino o ano com a obra Diva pronta!! Foi um...

Publicado por Juliana Notari em  Quarta-feira, 30 de dezembro de 2020


“Atualmente essas questões têm se tornado cada vez mais urgentes. Afinal, será através da mudança de perspectiva da nossa relação entre humanos e entre humano e não-humano, que permitirá que vivamos mais tempo nesse planeta e numa sociedade menos desigual e catastrófica”, completa.

O post viralizou e já foi curtido, ao menos, 18 mil vezes no Facebook. A discussão também foi para o Twitter, que foi onde os internautas mais comentaram sobre a obra. Veja algumas reações.








Um dos usuários que repostou o post de Notari chama atenção para o fato de que a construção da obra de arte foi feita apenas por homens.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários