Vitória Strada
Reprodução / Instagram
Vitória Strada contou que passou por assédio sexual em ônibus

A atriz gaúcha Vitória Strada contou para o jornal O Dia sobre um episódio de assédio sexual que sofreu dentro de um ônibus. Ela, que faz parte do elenco da novela de “Salve-se Quem Puder”, diz que fica triste ao ver que isso acontece até hoje.

“Uma vez um homem tocou em mim dentro de um ônibus. Me senti invadida. Sabia que eu não havia feito nada, mas mesmo assim me senti mal em contar para o meu pai, por exemplo", contou.

Ela lembrou que saiu do ônibus chorando e com muito medo de ser perseguida pelo homem. “Foi uma experiência muito ruim que eu não desejo para ninguém. Com a maturidade, hoje, eu consigo perceber pequenos abusos e assédios sofridos e que na época me deixaram com um sentimento estranho mas que eu não sabia identificar”, afirmou Vitória.

Ela aproveitou a entrevista para falar que essas situações são muito marcantes para mulheres e que pode-se levar anos para que sejam superadas.

“É triste ver que acontece ainda nos dias de hoje, em que as vítimas se sentem acuadas com situações de poder que as impedem de fazer alguma coisa. Somos assediadas, nos sentimos mal e ainda não podemos falar nada, pois somente nós contabilizamos os prejuízos”, disse.


“A  sociedade machista não ensina que um homem não deve tratar a mulher como objeto ou como algo público, que pode falar e fazer o que quiser. E é justamente essa a nossa luta. Para que essas situações não aconteçam mais", acrescentou.

    Veja Também

      Mostrar mais