A cantora Ângela Ro Ro não tem problemas em falar sobre nenhum assunto, como ficou provado quando anunciou para toda internet que havia sido traída . Em entrevista ao site Gay Blog, a artista voltou a comentar assuntos polêmicos e relatou uma violência que sofreu quando ainda era criança. 

ângela ro ro
Divulgação
Ângela Ro Ro relata violência sexual sofrida na infância

Ângela disse que foi abusada por um tio quando tinha apenas 9 anos de idade. A cantora falou que o homem aproveitou um momento em que os pais dela estavam fora de casa para cometer a violência. Ela também criticou as pessoas que tentam justificar casos de abuso infantil dizendo que a criança seduziu um homem adulto. "Um monstro foi seduzido pela garotinha de nove anos? Não! Eu era gorda, andava com os pés para dentro, tinha o dente quebrado, não tinha nada de sexy. Ele que era um maluco tarado" fala. 

Segundo a artista contou, o tio enfiou diversos objetos dentro do ânus dela. "Arrebentou o meu reto e tenho sequelas até hoje. Sabe o que eu fiz? Levantei, mesmo sangrando, comecei a limpar para a minha mãe não ver vestígios, e só aos 27 anos eu contei isso para a família. A criança fica tão louca de trauma que não abre a boca", conta. 

Ângela Ro Ro também falou que essa violência acabou impactando a vida amorosa e sexual dela durante muitos anos. A cantora, que é lésbica, disse que teve dificuldade de se relacionar sexualmente com diversas mulheres e foi só quando já estava perto dos 60 anos de idade que conseguiu ter uma vida sexual plena. "Obviamente isso me traumatizou tanto, que eu, apesar de ser sadia, broxei a minha juventude inteira. Acredite se quiser", ela revela.

    Veja Também

      Mostrar mais