A cantora Gospel Priscilla Alcantara se posicionou sobre o caso da menina de 10 anos que foi estuprada pelo tio e está grávida . A história ganhou repercussão nacional e alguns grupos religiosos estão protestando contra o aborto . No Twitter, a artista evangélica criticou essas falas. 

Priscilla Alcantara
Reprodução/Instagram
Priscilla Alcantara critica protestos contra aborto de menina de 10 anos

"O crente (incluindo eu) precisa urgentemente rever as prioridades do Evangelho", escreveu Priscilla na rede social. "Eu vou sair daqui porque meu dedo chega coçar e meu ímpeto não pode matar a minha sabedoria. Mas eu juro que vou dar a minha vida para que Cristo e o Amor sejam representados devidamente. Eu juro e quando eu estiver fazendo merd*, que esse mesmo Cristo me repreenda", ela continuou. A intérprete de Girassol ainda disse que o "fanatismo religioso mata".


A antiga apresentadora do "Bom Dia & Cia" não escreveu sobre o que estava deixando ela irritada. Porém, logos após esses tweets, ela começou a compartilhar o que outras pessoas estavam comentando sobre o caso. A cantora repostou a fala de uma mulher que dizia: "Com dez anos essa criança deveria estar brincando, estudando, tendo experiências normais para idade dela. Isso não aconteceu, ela teve todos seus direitos violados, não deve estar entendendo a situação que está passando e as pessoas julgam como se ela tivesse consciência". 

Priscilla também repostou o que o youtuber Felipe Castanhari disse sobre o assunto. "Eu não tenho nem estômago para comentar esse absurdo que está acontecendo com a menina de 10 anos. Falhamos como sociedade. Falhamos como seres humanos. Falhamos em nossas instituições. Enfim, falhamos!", escreveu o influencer. Por fim, a cantora evangélica compartilhou uma fala de Leandra Leal. "Um pedófilo estuprador está foragido. Esse é o crime", postou a atriz.



    Veja Também

      Mostrar mais