O ano mal começou e já sentiremos a influência de Mercúrio retrógrado. O movimento de retrogradação começa a partir de segunda-feira (17) e vai até 10 de março. Com o planeta em Peixes e em conjunção com Netuno, regente dos piscianos, será necessário ter atenção para não se iludir.

Leia também: Como ler mapa astral? Entenda o que os astros dizem sobre a sua personalidade

Mercúrio arrow-options
shutterstock
O primeiro Mercúrio retrógrado de 2020 acontecerá entre 17 de fevereiro e 10 de março

Ao Delas , a astróloga Paula Bueno (@astralnews) explica que Netuno, regente de Peixes, é um planeta ligado a criatividade, imaginação e sonhos, mas que também leva à fuga da realidade e à autodestruição na tentativa de não ver as coisas como realmente são. 

"Sendo assim, Mercúrio retrógrado em Peixes trará à tona ilusões, fantasias e desilusões em relação à pessoas, relacionamentos, parcerias, e tudo o que não tiver estrutura concreta na realidade. O fato de Mercúrio estar em Peixes e fazendo conjunção com Netuno faz com que muitos planos e ideias tenham sido idealizados sem considerar as condições para que eles se tornassem 'realizáveis'", diz. 

Quem tem Sol, ascendente, Lua ou algum dos planetas importantes (Vênus, Saturno, Marte e Mercúrio) em Peixes, Virgem, Câncer, Escorpião e Gêmeos pode sentir essa influência mais forte. Saiba também em qual área do seu mapa astral Mercúrio se encontra, porque é essa área que pode ser mais afetada durante o período de retrogradação. 

Lembrando que Mercúrio é o planeta que rege a comunicação, então é importante redobrar a atenção na forma que você fala e escreve, inclusive nas redes sociais. Somando isso à ilusão pisciana - ainda mais considerando que o Sol entra em Peixes no dia 19 -, é fácil ter dificuldades ao se expressar. 

"Muitas vezes negligenciamos o que falamos, escrevemos e postamos, algumas vezes até de maneira impulsiva, sem pensar nas consequências, mas Mercúrio mostra a importância de ter responsabilidade na comunicação, pois problemas podem ser criados pela falta de atenção", completa. 

Leia também: Evolução astrológica: em qual nível do seu signo você está? Descubra em teste

Como "sobreviver" ao Mercúrio retrógrado?

Mercúrio arrow-options
shutterstock
Mercúrio retrógrado não é um vilão da astrologia e, apesar de demandar atenção, pode ser um bom momento para refletir

O astrólogo Marcelo Dalla, que escreve a coluna  Previsão e Astros e o  horóscopo do dia no Delas , reforça que, apesar de parecer o "vilão astrológico", Mercúrio retrógrado tem seus pontos positivos. 

"É um bom período para retomar atividades artísticas, reencontrar amigos, revisitar lugares do passado, retomar estudos, aprimorar o trabalho, elaborar melhor projetos, ideias e pensamentos. Tudo pra que possamos entender melhor o mundo", comenta.

Segundo ele, o propósito destas retrogradações não é deixar ninguém frustrado, mas ajudar a trabalhar a clareza nos intercâmbios, nas trocas de informação, a revisar projetos e aprimorar negociações. Por isso, ele dá algumas dicas para aproveitar o período e evitar problemas:

  • Checar os fatos;
  • Averiguar se foi bem compreendido ao trocar informações importantes;
  • Ouvir mais, cultivar o silêncio;
  • Cultivar a integridade com a palavra;
  • Checar carros e os aparelhos de comunicação;
  • Redobrar o cuidado com papéis e documentos, evitar assinatura de contratos e grandes compras (cresce a tendência de mudar de ideia depois);
  • Sair com tempo de sobra para os compromissos;
  • Redobrar a atenção com documentos e bagagens ao viajar;
  • Checar compromissos, o que foi combinado anteriormente pode ter de ser recombinado;
  • Rever, revisar, repensar, corrigir.

Lembrando que Mercúrio retrógrado é um fenômeno astrológico que acontece três vezes por ano. Além deste período em fevereiro e março, o planeta volta ao movimento de retrogradação em 17 de junho a 12 de julho e 13 de outubro a 4 de novembro. 

    Veja Também

      Mostrar mais