Esta sexta-feira (10) marca o primeiro eclipse lunar de 2020. Para a astrologia, a Lua está ligada ao passado e à sensação de segurança - aspectos bastante influenciados por este fenômeno. Por estar no eixo de Câncer, outro aspecto afetado pela Lua Cheia eclipsada são as emoções. Além disso, a conjunção de planetas em Capricórnio, signo oposto a Câncer, reforça a intensidade do período.

Leia também: Previsões para 2020: como será o próximo ano para cada signo do zodíaco?

Eclipse lunar
shutterstock
O eclipse lunar marca um período intenso e que tem influências diretas nas emoções, reforçando questões ligadas ao desapego

Segundo o astrólogo Marcello Dalla, responsável pela coluna  Previsão e Astros e pelo  horóscopo do dia  no Delas ,  os aspectos do céu durante o eclipse lunar indicam que este é um tempo de perceber o que não funciona mais, o que te trouxe até aqui e o que deve ser feito para seguir em frente com uma consciência mais clara. 

"Esse eclipse ativa velhas questões emocionais, familiares e ancestrais, influenciadas pelo signo de Câncer  , para que sejam resolvidas e liberadas, em nome de novas metas, empreendimentos e até mesmo carreira e profissão, temas ligados à Capricórnio  ", diz. 

Assim, atente-se ao que está acontecendo na sua vida neste início de mês. Com a Lua, que também é regente do signo de Câncer, aflorando emoções e o Sol -  regente do ano de 2020 - clareando a consciência, as mudanças estarão mais visíveis e o desapego deve vir forte. 

"Este é o X da questão: caso algo não esteja funcionando dentro de um relacionamento, do trabalho ou da família, agora é a hora de olhar mais profundamente pra essas questões. É possível ganhar clareza sobre muitas situações e o que não condiz com a sua consciência deve ser abandonado, dando lugar a oportunidades mais promissoras."

"A dica é desacelerar, meditar mais, observar a respiração. Respirar profundamente com consciência também nos permite lidar com pensamentos e medos irracionais. Aos poucos, respostas e resoluções surgem, mesmo que seja necessário pedir ajuda", completa. 

Como o eclipse lunar irá influenciar os signos?

A astróloga Paula Bueno Brandão reforça que este eclipse lunar é importante para todos os signos, mas quem tem signo solar, ascendente, Lua ou planetas importantes, como Mercúrio, Marte, Júpiter, Vênus e Saturno, ligados aos elementos Água (Câncer, Escorpião e Peixes) e Terra (Capricórnio, Touro e Virgem) sentirão mais essa influência. 

"O que faz deste eclipse um momento especial é o Stellium, uma grande conjunção de planetas no mesmo signo, Capricórnio, envolvendo cinco astros: Sol, Mercúrio, Júpiter, Saturno e Plutão, fazendo oposição à Lua em Câncer", explica ela. Saturno e Plutão estarem presentes nessa conjunção é importante, pois fortalece o fato de que não se pode mais adiar a conscientização e a transformação. 

Leia também: 2020 é Ano do Rato! Confira as previsões de acordo com o Horóscopo Chinês

Esses são efeitos que serão sentidos a longo prazo, até porque este eclipse de janeiro tem ligação com outro, que irá acontecer em julho, em Capricórnio. No total, este ano serão quatro eclipses da Lua e dois do Sol: 

  • 10/01 – Eclipse lunar em Câncer
  • 05/06 – Eclipse lunar em Sagitário
  • 21/06 – Eclipse solar em Câncer
  • 05/07 – Eclipse lunar em Capricórnio
  • 30/11 – Eclipse lunar em Gêmeos
  • 14/12 – Eclipse solar em Sagitário

O auge do eclipse lunar será às 16h11, pelo horário de Brasília, mas o fenômeno não poderá ser visto em todas as partes do mundo. Assim, será visível na Europa, África, Ásia, Austrália e em alguns estados do Nordeste do Brasil, como em Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. 

    Veja Também

      Mostrar mais