Tamanho do texto

Os próprios usuários do site votam nos pretendentes, que posteriormente serão aceitos ou rejeitados; pretendentes também podem requisitar feedback sobre o perfil e pedir as sugestões de cirurgia antes de tentar entrar

Existem  aplicativos de namoro e relacionamento de todos os tipos. Nos EUA, o site “BeautifulPeople.com”, que age em diversos países, é conhecido por só aceitar “pessoas bonitas”. Além disso, o site oferece conselhos de cirurgias plásticas para as pessoas “feias” que tentam se inscrever nele.

Site de namoro para
shutterstock
Site de namoro para "pessoas bonitas" tem pretendentes aceitos ou rejeitados a partir de votos dos próprios usuários


Mas se engana quem pensa que o conselho é gratuito. Aqueles que têm a inscrição recusada ou que estão tentando se inscrever podem pagar uma taxa de US$ 45 (mais de R$ 174) para receber um feedback de um cirurgião plástico sobre seus defeitos físicos e cirurgias que podem corrigi-los, tornando-os pessoas bonitas .

Mas como a decisão de quem é  bonito o suficiente para ser aceito é feita? Os próprios usuários votam nos pedidos de novos membros, classificando-os como bonitos ou feitos.

A ideia surgiu após o próprio criador do aplicativo, Greg Hodge, de 43 anos, não ser aceito por não ser considerado bonito o suficiente. “Depois de oito anos sem usar o site, quis voltar para ele e ver como seria minha experiência como consumidor. Quando não recebi a aprovação necessária para voltar, fiquei chocado. Me senti mal por não estar entre os escolhidos, mas, sendo justo, eu não estava mesmo me cuidando. Só que não é suficiente saber que você foi rejeitado, é preciso saber o motivo”, explicou ao tabloide “Daily Mail”.

Na época, o próprio empreendedor chegou a consultar um cirurgião e realizou alguns procedimentos no rosto, incluindo botox. Depois disso, ele conseguiu ser aceito de volta no site.

Atributos de pessoas bonitas

No site, os próprios usuários votam em quem eles consideram pessoas bonitas, ou feias, para que seja aceitas
Reprodução
No site, os próprios usuários votam em quem eles consideram pessoas bonitas, ou feias, para que seja aceitas


Além do “conselho estético”, os pretendentes podem pedir um feedback geral sobre seu perfil por um valor mais baixo, de US$ 10 (aproximadamente R$ 38). De acordo com o site, têm menor aprovação aquelas pessoas cujas fotos de perfil têm pouca iluminação e um fundo sem graça. Na foto, também é desejável que a pessoa pareça simpática, esteja com o cabelo e pele bonitos, sem ter olheiras e sem estar “acima do peso”.

O “Daily Mail” encontrou Natasha Johnson, de 28 anos, que quer entrar para o “BeautifulPeople.com” e que antes de tentar ser aceita no site, pediu conselhos de quais mudanças poderia realizar em si mesma para ficar mais bonita. Como resultado, ela pretende fazer uma lipoaspiração na barriga, costas e coxas, além de colocar silicone nos seios.

“Quero me tornar um membro do site para aumentar minha rede social, mas estava nervosa com a possibilidade de ser rejeitada e não sentia que estava com a minha melhor aparência”, contou ela ao jornal.

Quem dá os conselhos do site de relacionamento é a cirurgiã plástica Linda Li, que afirma que  procedimentos mais ou menos invasivos podem ser realizados. “A rejeição no site significa que existe algo pouco atraente na imagem. Isso pode ser simplesmente um problema da foto ou uma indicação de que uma melhoria física é necessária. Minha avaliação dá opções seguras e realistas para os pretendes”, diz.

O site de pessoas bonitas ressalta, contudo, que mesmo seguindo todos os conselhos dados, ainda não é uma garantia de que o usuário ou usuária será aceito.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.