Tamanho do texto

"Namorados compartilhados oferecem serviços como segurar sacolas, conversar e fazer compras" é a propaganda usada para divulgar o serviço

Você já quis alguma vez ter um namorado só para dar um passeio ou te ajudar com as compras? Na China , é possível realizar esse desejo, já que alguns shoppings estão começando a oferecer serviço de namorado de aluguel. A “moda”, que já existe há algum tempo no país, apareceu com um preço acessível e está movimentando a mídia local.

Leia também: Alugar namorado vira moda na China

O namorado de aluguel pode conversar, tirar fotos, fazer compras e até dar opinião sobre que roupas você deve comprar
shutterstock
O namorado de aluguel pode conversar, tirar fotos, fazer compras e até dar opinião sobre que roupas você deve comprar


O lançamento de um dos serviços aconteceu na última quinta (5) em um shopping no norte da província de Hebei, com a cobertura do site “China News”. O namorado de aluguel fica exposto em uma vitrine, vestido com jaqueta e gravata-borboleta. “Namorados compartilhados oferecem serviços como segurar sacolas, tirar fotos, conversar e fazer compras”, de acordo com a propaganda do shopping.

Passar 30 minutos com o homem alugado custa apenas 1 yuan (aproximadamente 50 centavos de reais), e o pagamento é feito pelo próprio celular. Ultimamente, shoppings em Hainan e Shandong também reportaram atividades do serviço nos últimos meses.

A prática já é conhecida de muitos tempos, e mulheres costumam recorrer ao aluguel de namorados principalmente em datas comemorativas, para apresentar alguém à família, enquanto homens alugam em menor proporção. Isso acontece devido à pressão que os pais chineses costumam fazer para que seus filhos se casem logo e também ao sucesso do filme "Contract Lover", lançado em 2007, que aborda o aluguel de parceiros.

Leia também: Contrato de namoro vira febre nos escritórios de advocacia

O que diz um namorado de aluguel 

Na China, já é possível contratar serviços de bicicleta, carrinhos de bebê e até guarda-chuvas só pelos celulares, e o novo serviço do “namorado” está chamando a atenção das pessoas.

Um namorado compartilhado que trabalha no shopping na cidade de Haikou, no sul da ilha Hainan, disse ao site “China News” que seus clientes costumam ser mulheres na faixa dos 20 anos. Segundo ele, na maior parte das vezes, elas também pedem a opinião dele sobre que roupas comprar e também tiram selfies com o “namorado” para postar nas redes sociais.

Leia também: Site que aluga namorada falsa no Facebook já tem fila de espera

No entanto, o namorado de aluguel afirma que também costumam ter a ideia errada sobre seus serviços. “Nós devemos evitar contatos físicos, é o que está escrito no nosso regulamento”, esclarece o profissional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.