Tamanho do texto

Madisyn Babcock está se formando no ensino médio e decidiu fazer um ensaio fotográfico conscientizador sobre alopecia; veja fotos

Em muitos países, é uma tradição fazer um ensaio fotográfico de formatura. Mas para Madisyn Babcock o significado das fotos vão além da felicidade de concluir o ensino médio. A jovem de 17 anos está usando as fotos para falar sobre sua doença, a alopecia, que é autoimune e causa perda de cabelo em todo o corpo.

Leia também: Jovem com alopecia posta selfies sem peruca e se torna inspiração na web

Madisyn usou o ensaio fotográfico de formatura para aumentar a consciência sobre alopecia
Reprodução/Chelsea Taylor Photography/Twitter/madbab__
Madisyn usou o ensaio fotográfico de formatura para aumentar a consciência sobre alopecia


Madisyn vive no estado americano do Kansas e conta ao "Yahoo Lifestyle" que pediu a ajuda de sua mãe, que é artista, para pintar flores em sua cabeça. Segundo ela, além de aumentar a conscientização sobre alopecia , a ideia envolve promover a beleza natural.

"Eu costumo cobrir minha cabeça  por causa dos pontos calvos, então ficar totalmente careca e expor minha cabeça é uma coisa nova para mim", diz a estudante. "Escolhi flores [para pintar a cabeça] porque elas combinam comigo como pessoa. Eu sinto que realmente floresci para ser que eu devo ser."

Leia também: Vítima de ataque com ácido publica foto inspiradora após recuperação

Toda a composição das fotos de formatura é uma maneira que a jovem escolheu para expressar algo sobre si mesma. Suas fotos foram tiradas ao ar livre em um cenário de natureza, algo com o qual ela fala que sempre foi bastante conectada. Madysin afirma que essa conexão com a terra só se fortaleceu depois do início de sua luta contra a doença e quis expor isso nos desenhos e na fotografia. "Eu me apaixonei pelo modo como minhas fotos retrataram a mim e a minha personalidade." Confira as fotos publicadas pela adolescente no Twitter: 




Leia também: Modelo promove ensaio inspirador de irmã com Síndrome de Down

O outro lado da história

A fotógrafa, Chelsea Taylor, brinca que sempre chamou a menina de "criança da terra" e conta sobre a relação pessoal com a modelo. "Nós trabalhamos juntas na primavera, e eu estive lá durante o processo da perda de cabelo", diz. "Madisyn nunca permitiu que nada afetasse a maneira como ela se vê. Acho que hoje ela é mais forte, corajosa e confiante do que o dia em que a conheci."

"Fiquei tão feliz quando Madisyn decidiu mostrar a cabeça para a sessão de fotos e ainda mais animada quando ela compartilhou a ideia para transformá-la em uma obra de arte!", fala Chelsea. De acordo com a profissional, o resultado ficou "maravilhoso" e as imagens são "um reflexo direto do espírito" da adolescente com alopecia.