Tamanho do texto

Jacqueline Adan brigou desde pequena com a balança, e mesmo após ter mudado seu estilo de vida e emagrecido continuou sofrendo preconceito

A americana Jacqueline Adan se viu com mais de 220kg quando decidiu mudar de vida. Ela lutou contra balança desde pequena, mas percebeu que a situação havia passado dos limites. Após perder quase 160kg com uma mudança drástica no estilo de vida, ela estava pronta para, finalmente, usar uma maiô durante uma viagem. Entretanto, olhares maldosos de um casal quase estragaram tudo.

Leia também: Por conta de foto mostrando pelos na perna, artista sofre até ameaça de estupro

Jacqueline Adan usando maiô durante sua viagem ao México, depois de ter ficado muito tempo sem exibir seu corpo
Instagram/jacquelineadan44/Reprodução
Jacqueline Adan usando maiô durante sua viagem ao México, depois de ter ficado muito tempo sem exibir seu corpo

“Estava de férias no México há algumas semanas. Foi a primeira vez que coloquei uma roupa de banho após muito tempo. E fazia mais tempo ainda que eu não usava um maiô sem me cobrir. Estava nervosa de ficar assim e caminhar até a piscina ou pela praia. Eu ainda me sinto como aquela mulher de 220kg, então, aconteceu”, conta a americana em sua conta no Instagram.

Leia também: Bailarina com marcas pelo corpo diz como superou trauma e preconceito até do pai

Jacqueline diz que um casal que estava sentado na piscina passou a rir e apontar para ela, fazendo piadas, no mesmo instante que ela se descobriu, deixando a mostra a pele que ainda carrega após o processo de emagrecimento. “O que eu fiz? Respirei fundo, sorri e andei até a piscina. Foi um passo muito grande para mim. Eu mudei. Não era mais a mesma mulher.”

Transformação

Apesar de Jacqueline ter conseguido superar as risadas e seguido até a piscina, ela afirma que não foi fácil e revela que ainda é insegura em alguns momentos. “Para ser honesta, aquilo me incomodou sim. Mas não vou deixar pessoas como aquelas me afetarem mais. Não vou deixar que a opinião das outras pessoas sobre mim me impeçam de viver a minha vida. Eles não me conhecem. Eles não sabem o quanto eu me esforcei para perder 160kg.”

Leia também: Antes e depois invertido: modelo australiana revela felicidade após engordar

Para as pessoas que sofrem o mesmo que ela, a americana que finalmente conseguiu usar um maiô diz que não importa o que os outros façam, o importante é como a gente reage a isso, como a gente se sente sobre nós mesmos. “Amar-se exatamente do jeito que nós somos é difícil. Outras pessoas talvez não gostem disso. Tudo bem. Espero que você ame você mesma(o). Ame seu corpo. Espero que continue sendo você e apenas continue sorrindo”, completa.

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.