Tamanho do texto

Sabendo que a maioria das pessoas exagerou no chocolate, o preparador físico Vinícius Possebon ensina como mudar hábitos para ser mais saudável

Se os treinos foram deixados de lado e você ainda exagerou no chocolate, talvez seja a hora de começar a mudar pequenos hábitos do dia a dia e a forma de pensar para ficar mais saudável . Segundo o preparador físico Vinícius Possebon , existem algumas pequenas atitudes que ajudam as pessoas sedentárias a melhorar a qualidade de vida. 

Leia também: Como acabar com a preguiça e com o cansaço em 3 passos simples

Algumas mudanças na fora de pensar e agir pode fazer com que você alcance com maior facilidade os seus objetivos
Shutterstock
Algumas mudanças na fora de pensar e agir pode fazer com que você alcance com maior facilidade os seus objetivos

“Tudo fica mais difícil quando você precisa fazer uma mudança gigantesca na sua vida, por isso as pequenas mudanças na forma de pensar podem ser a melhor forma de começar aos poucos”, explica. Pensando nisso, Possebon decidiu listar algumas dicas que ajudam as pessoas a se tornarem cada vez mais propensas a levarem uma vida mais saudável. 

1- Deixe o violão na sala

A expressão “deixar o violão na sala” corresponde à ideia de facilitar a prática de um novo hábito. Possebon faz uma relação dos exercícios com os treinos de violão. “Quando percebi que precisava praticar mais o violão, em vez de deixá-lo no armário dentro da capa, coloquei na sala para que ele fique ao alcance”, explica. O mesmo pode ser feito de outras maneiras: deixando a roupa para fazer exercícios na bolsa do trabalho, ou então colocando o tênis ao lado da porta. “Quando alguma prática exige uma grande energia de ativação, você se sabota, então o segredo é facilitar para que isso não exija tanta energia”, resume.

2- Suba um lance de escadas

Tomar pequenas atitudes para começar a praticar atividades físicas é uma forma de vencer a preguiça e começar a mudar de hábitos. “Se você começar a subir um ou dois lances de escada antes de pegar o elevador ou descer no ponto de ônibus anterior ao do seu destino, você já começa a tomar pequenas ações que vão moldar o seu pensamento aos poucos”, conta. O segredo é olhar para a sua rotina e pensar em que momento pode-se incluir algum esforço físico um pouco maior. “Se você está sedentária, qualquer mudança mínima já ajuda e conta como um primeiro passo”.

3- Comece o dia arrumando a cama

Muito do sedentarismo e do excesso de alimentos danosos ocorre porque as pessoas se deixam levar pela vida, em vez de assumirem o controle. “A sensação de estar no controle pode começar com o simples fato de você começar o dia realizando alguma coisa, e fazer a cama é uma ótima forma de criar esse sentimento”, ensina o preparador físico. “Quando a primeira coisa que você faz no seu dia é cumprir uma tarefa, você mostra ao seu cérebro que pode fazer muito mais e não permitir que a preguiça ganhe da sua força de vontade”.

4- Crie uma rotina consistente

De nada adianta subir um lance de escada apenas uma vez na vida ou arrumar a cama apenas hoje. Essas novas ações só vão mudar seu pensamento quando fizerem parte do seu dia a dia. “Por isso, crie essas mudanças gradativamente e seja consistente nelas para que as coisas mudem. Se for difícil, escolha apenas um ponto da sua rotina e mude apenas aquilo”, explica Possebon, reforçando que não adianta querer mudar tudo de uma vez.

Leia também: 5 mentiras sobre treinos em casa

5- Identifique o gatilho

No que diz respeito à alimentação, Vinicius Possebon ensina que o segredo é identificar o gatilho que dá vontade de comer algo que faz mal ou que deveria sair da dieta. “Se você tem vontade de comer chocolate todos os dias no meio da tarde, pense no motivo para isso e tente encontrar uma saída, como por exemplo tomar uma xícara de café ou chá”, exemplifica. Encontrar o acontecimento que gera essa vontade é o passo principal. “Tente transformar uma vontade em outra que compense, e isso vai te ajudar a resistir a essas tentações”, completa.  

Além da forma de pensar , o colunista ensina dicas de exercícios e séries para fazer em casa. Acompanhe a coluna de Vinícius Possebon aqui no Delas  e conheça vários movimentos.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.