Tamanho do texto

Dentro de Casa ensina como lançar mão de sete truques para dar um gás na decoração da sua residência; investir numa nova pintura é só um deles.

Renovar a casa pode exigir quebra de paredes ou de estruturas e consequentemente sujeiras, atrasos e outros transtornos mil, certo? Muitas vezes esse cenário dramático ocorre e é necessário. 

Quer fugir dessa situação? Então saiba que também há truques que podem fazer a diferença e neste post a coluna Dentro de Casa traz para você sete dicas infalíveis para aquele upgrade tão desejado na sua residência.  

1.     Tinta para renovar os azulejos

Enjoou dos azulejos? Uma ótima solução é pintá-los com tinta especial, facilmente encontradas nas lojas específicas ou de produtos para construção. Essa medida vai dar um novo clima para o ambiente seja ele banheiro ou cozinha da sua casa .

2.     Objetos de decoração

Tapetes, cortinas, quadros e almofadas são itens essenciais. Essas peças marcantes traduzem a personalidade do espaço da sua casa ou apartamento. Uma boa dica é armazenar peças e acessórios extras e, de tempos em tempos, promover a substituição dessas de acordo com a estação do ano, por exemplo. Troque, mude, inove. 

3.     Parede em evidência 

Placas que imitam tijolos ou com alto-relevo, papel de parede, tecido, boiserie, são excelentes elementos e de fácil para aplicação nas paredes. Se você é uma pessoa que adora tomar a iniciativa tipo DIY (Do it yourself – tradução: faça você mesmo), com certeza passará um tempo dedicado em aplicar essas tendências em alguma parede. 

4.     Pintura

A pintura é a opção mais econômica pela sua versatilidade de cores e acabamentos. Requer cuidado extra na proteção do ambiente e no acabamento fino. 

5.     Piso

A coluna Dentro de Casa, no  post dedicado à economia de materiais abordou a opção do piso laminado e vinílico. Uma alternativa a mais é a utilização do piso epóxi, ou popularmente conhecido como porcelanato líquido, funcionando basicamente como uma cerâmica brilhosa. São excelentes opções pois exigem apenas que o ambiente esteja vazio, sem móveis, e podem ser aplicadas sobre o piso existente. 

Dica da Helô – se você optar por apostar na colocação de piso sobre piso fique atento na sua casa, olho vivo (vivíssimo) na altura do vão da porta existente. Afinal, feita a mudança, você abre a porta e assiste ao seu piso novinho em folha todo arranhado? Nem pensar! Fique atento ao rodapé e verifique se a troca será necessária e veja como será a aderência do produto ao piso existente. Seu apartamento é alugado? Verifique com o proprietário se pode realizar o procedimento, pois o antigo piso poderá ser danificado sem recuperação. E com prejuízo evidente para todos os lados..

6.      Armários semi-novos

Já ouviu falar em envelopamento? Essa tendência é para os economistas de plantão. Requer baixo investimento e a peça fica novinha e única, pois é possível personalizar da forma que desejar com texturas, desenhos e cores diversas. A melhor parte? Pode e deve envelopar eletrodomésticos, principalmente a geladeira. Um pequeno detalhe que pode fazer toda a diferença é apostar na troca dos puxadores dos armários. Simples, rápido e prático. 

O desenvolvimento das plantas trará vida ao espaço,
Estudio Fotográfico
Projeto Helo Yamashiro

7.     Planta é essencial

O saldo certamente será positivo. O desenvolvimento das plantas trará vida ao espaço, gerando formas e cores inesperadas, de forma orgânica. Imagina aquela flor desabrochando e sorrindo para seu lar? Um charme à parte é ter uma horta repleta de temperinhos a seu dispor na hora de cozinhar. 

Gostou das dicas? Então mãos à obra. E sem destruição. Até a próxima.