Tamanho do texto

Especialista sugere cores e dá algumas dicas que ajudam na hora da pintura

Quer mudar a decoração da casa , mas não sabe como começar? Algumas pessoas acreditam que, para dar uma cara nova aos cômodos, é necessário fazer grandes mudanças. No entanto, pintar apenas uma das paredes nos quartos, na cozinha, na sala e no banheiro é suficiente para trazer mais vida, transformar os locais e destacar o que eles têm de mais especial.  

Para renovar a decoração da casa, pintar umas das paredes já é suficiente para dar um upgrade no visual dos cômodos
Divulgação/Sherwin-Williams
Para renovar a decoração da casa, pintar umas das paredes já é suficiente para dar um upgrade no visual dos cômodos

Para quem tem medo de ousar - e ainda não sabe qual cor escolher -, uma boa alternativa para colorir as paredes é escolher os tons com menos impacto, mas que mostrem que houve uma mudança. Os neutros transmitem conforto, estabilidade e resistência e, ainda, deixam os espaços mais agradáveis, tranquilos e relaxantes. É o caso, por exemplo, da terracota.

“A escolha vai depender do que você quer para determinado cômodo. É possível combinar todas as cores, de diferentes maneiras. Não existem regras. Uma boa dica é fazer estudos e simulações, pois dá para ter uma boa ideia de como um ambiente ficaria com tons que, a princípio, podem ser bem diferentes uns dos outros”, diz Patrícia Fecci, especialista da Sherwin-Williams.

Para ajudar nessa escolha, vale analisar as sensações que cada uma transmite . O amarelo, por exemplo, é vibrante e alegre, está associado à luz do sol, e é capaz de estimular a memória e favorecer o aprendizado. Pode ser bom para quartos de estudo. 

O azul, por sua vez, traz calma e tranquilidade. É uma cor que proporciona clareza mental e confiança. Sua serenidade traz sentimentos agradáveis e relaxantes e é constantemente associado ao infinito, equilíbrio e paz.

Já o verde simboliza renascimento, crescimento e renovação. É uma cor abundante na natureza, que causa sensação de relaxamento e refrescância. Para os quartos, é uma boa opção, pois é capaz de deixar o local mais aconchegante.

Tons vibrantes também são bem-vindos nas paredes

O rosa é um tom vibrante e que pode ser usado para pintar as paredes – inclusive no quarto, que fica alegre e delicado
Divulgação/Sherwin-Williams
O rosa é um tom vibrante e que pode ser usado para pintar as paredes – inclusive no quarto, que fica alegre e delicado










Assim como as texturas e figuras geométricas, as colorações mais fortes e vibrantes também podem ser usadas. É o caso do vermelho, que está associado ao amor e também à energia. O rosa, por sua vez, também não fica de fora. “É uma excelente ideia para trazer um toque de sofisticação à decoração . Experimente usá-lo junto a texturas de madeira e o efeito glamour ganhará ainda mais força e potência”, avalia Patrícia.

Por qual cômodo começar? Quais cuidados ter?

Antes de pintar as paredes, é importante ter alguns cuidados e levar em conta alguns pontos, como é o caso da iluminação
shutterstock
Antes de pintar as paredes, é importante ter alguns cuidados e levar em conta alguns pontos, como é o caso da iluminação

De acordo com Patrícia, não há diferença entre começar por um cômodo ou outro. “Você só precisa ter em mente quais deles realmente precisam de uma cara nova, se todos os ambientes da casa ou apenas um ou outro”, diz.

Na hora de escolher as cores, é importante levar em consideração a incidência de luz no local que irá receber a tinta. “Isso faz com que a percepção da cor mude, dependendo do tipo de iluminação usada.  Por isso, é sempre bom testar uma cor no próprio ambiente antes de comprá-la para pintar o ambiente todo”, expõe.

A profissional ainda dá mais dicas para a pintura das paredes . “Certifique-se de que todos os móveis foram retirados do ambiente ou estão devidamente protegidos e limpe o local antes da aplicação da tinta. O tempo gasto para  pintar uma parede é de, em média, um a dois dias, levando em consideração aplicação e secagem”, ressalta.

    Leia tudo sobre: casa