Tamanho do texto

Decorar a casa não precisa ser uma tarefa difícil; veja quais erros evitar

Na hora de compor o décor da residência , os itens precisam, antes de tudo, combinar com a personalidade e com os gostos dos habitantes. Entretanto, é preciso ficar atento para evitar alguns erros na decoração de casa que deixam o ambiente sobrecarregado e com o visual prejudicado. 

De acordo com o arquiteto Rafael Sera, da Master House, o lar é um ambiente que, além de servir para o descanso do morador, também recebe visitas e, por isso, é importante evitar os erros na decoração de casa  – e aprender a deixá-la mais harmônica. 

Erros na decoração de casa que você deve evitar 

Ao reformar algum cômodo, é importante estar atento e evitar os erros na decoração de casa; confira alguns exemplos
shutterstock
Ao reformar algum cômodo, é importante estar atento e evitar os erros na decoração de casa; confira alguns exemplos


Alguns erros são comuns, mas a boa notícia é que dá para contorná-los.

1. Estilos diversos em um mesmo ambiente 

Especialistas costumam dizer que “menos é mais” – e essa expressão combina perfeitamente na hora de decorar os cômodos.  Isso porque, ao adotar muitos itens decorativos com composições diferentes, ele pode ficar com um ar poluído. Diante disso, é preciso que os elementos conversem entre si e tenham harmonia – e uma boa opção é variar as cores e as formas. 

O arquiteto sugere manter alguns em destaque e outros em segundo plano de visão, por exemplo. “Se optarmos pela decoração clean e carregarmos de móveis e itens provençais , mudamos o foco da proposta, deixando o ambiente com a sensação mais pesada. Podemos manter uma linha limpa, de cores e formas lineares, e dar destaque a um elemento provençal”, explica. 

2. Cores sóbrias e pesadas 

Os tons sóbrios são elegantes – mas, quando utilizados em excesso, podem dar um aspecto tedioso. “Alguns dos erros mais comuns em uma decoração é não utilizar cores em paredes ou usar um tom pastel com medo de não acertar”, diz Sera. 

A dica do especialista é investir, mesmo que de forma mínima, essa aparência. “É importante salientar que a construção, mais especificamente a parede, faz parte do contexto da decoração e aplicar alguns tons mais vibrantes pode destacar e dar um ar sofisticado ao espaço”, completa.

3. Mobiliário em proporção errada 

Para deixar o ambiente com aparência de espaçoso, é necessário aproveitar cada centímetro disponível. Além disso, vale prestar atenção no tamanho do móvel, para que ele não ocupe mais espaço do que deveria e, dessa forma, prejudique a circulação dos moradores, principalmente em imóveis menores. 

O arquiteto relata que algumas pessoas podem carregar a herança da casa dos pais e, com isso, trazer os móveis que remetem à infância. “Embora seja interessante recordar e remeter ao momento, não podemos comparar a mobília de época, que foi projetada para imóveis de grande área, para a atual, que se lança ao mercado com intuito de otimizar essa nova proposta de habitação”, explica.

4. Não acompanhar o que há de novo 

A decoração segue tendências e, com isso, é importante saber que existem épocas para determinados itens. Rafael Sera ressalta a importância de fazer a reciclagem desses objetos de decoração de tempos em tempos para que eles não fiquem destoados da decoração atual. 

De acordo com o profissional, um dos erros na decoração de casa é a escolha dos lustres . “Sentimos apego àquele item que foi adquirido há uma década e ficamos reféns de um objeto que não se harmoniza com o novo estilo da casa”, detalha.

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.