Tamanho do texto

Segundo especialista, optar pelos produtos apropriados, lavar algumas peças à mão e evitar alguns programas da máquina fazem o bolso agradecer

Com eletrodomésticos de funcionamento cada vez mais intuitivo, lavar roupas fica cada vez mais fácil. Ainda assim, além do cuidado básico que se deve ter com as peças – como separá-las em diferentes cores e tecidos – e com a própria máquina de lavar para que ela tenha uma boa durabilidade, outro fator que também merece atenção é a quantidade de água gasta durante o processo.

Leia também: Confira seis coisas que você precisa parar de fazer com a sua máquina de lavar 

Apesar de alguns recursos das máquinas facilitarem o momento de lavar roupas, eles podem aumentar o gasto de água
Shutterstock
Apesar de alguns recursos das máquinas facilitarem o momento de lavar roupas, eles podem aumentar o gasto de água

Mesmo que as máquinas de lavar roupas tenham programas “automáticos” de lavagem que requerem uma quantidade certa de água durante o processo, Aline Silva, gerente de marketing da fabricante de produtos de limpeza Casa KM, afirma que há maneiras de economizar água e energia elétrica de várias outras maneiras. Confira x dicas de como fazer isso:

1. Tenha atenção na hora de comprar o eletrodoméstico

Para economizar, é preciso ter atenção desde o momento da compra do eletrodoméstico. Segundo Aline, é importante verificar o selo de eficiência energética, mas sem confundir indicador de consumo de energia com o de água. “A barra que apresenta as letras de A a G é referente ao consumo de energia, enquanto o de água se encontra na parte inferior dos selos”, lembra a especialista.

2. Siga as instruções de lavagem das roupas, dos produtos e da máquina

Parece básico, mas prestar atenção nas especificações de cada roupa, no funcionamento da máquina e em como os produtos de limpeza devem ser usados pode evitar etapas desnecessárias, diminuir a frequência das lavagens e, consequentemente, economizar água e energia elétrica.

Leia também: Confira três erros comuns na hora da limpeza e seis formas de facilitá-la

3. Faça um planejamento

Para quem tem uma rotina muito atribulada, escolher um dia da semana para lavar as roupas é mesmo mais simples, mas fazer isso pode gastar mais água do que é realmente necessário. Às vezes, uma semana não basta para juntar a quantidade de roupas que corresponde à capacidade da máquina, aumentando a frequência das lavagens de maneira desnecessária e, de certa forma, desperdiçando água e energia elétrica.

Para Aline, em vez de ligar a máquina frequentemente para lavar poucas peças, ideal é juntar o máximo de roupas possível – sem sobrecarregar o eletrodoméstico, é claro – e colocá-la para funcionar apenas quando estiver cheia. Além de juntar mais peças, Aline também diz que é importante ser prudente na hora de colocar as roupas para lavar.

“Muitas vezes, uma roupa pode ser usada duas, três ou até quatro vezes antes de ser colocada para lavar, não se sujam de forma instantânea. Por isso, é preciso avaliar as condições de cada peça”, explica.

4. Evite os programas de pré-lavagem

Quando estão muito sujas, algumas peças precisam ficar de molho antes da lavagem , e há máquinas de lavar roupas que trazem programas específicos para esse processo. De acordo com a especialista, porém, utilizá-lo com frequência pode ser uma roubada quando o propósito é economizar água e energia.

“Apesar de [o modo] ser mais prático, a melhor forma de economizar é deixar as roupas dentro de um balde com água, uma vez que o resultado final de limpeza é o mesmo”, comenta Aline, reforçando que, em vez de jogar essa água fora após o período em que a roupa precisa ficar de molho, ela pode ser reutilizada para lavar o quintal ou a calçada de casa.

5. Aposte no modo econômico da máquina

Enquanto usar os programas de pré-lavagem não é uma boa ideia, Aline afirma que máquinas de lavar mais modernas costumam ter uma opção de ciclo de lavagem econômico que submete as peças a apenas um enxágue. “Nesta função, ela usa 30% menos água, além de economizar energia”, afirma.

6. Lave algumas peças à mão

Apesar de não parecer algo prático para se fazer no dia a dia e de exigir certo esforço, Aline afirma que deixar de recorrer sempre à máquina de lavar roupas é uma forma válida de economizar água. Quando há poucas peças, mas a lavagem não pode esperar, o ideal é lavar essas roupas à mão. Dessa forma, em vez de gastar litros e litros de água em um programa completo de lavagem, é possível controlar a quantidade de água.

Outra vantagem de fazer isso é poder dar mais atenção a peças que requerem mais cuidados, como lingeries, por exemplo. Além de poupar água em determinadas situações, lavar roupas delicadas à mão é menos agressivo e garante que as peças não tenham de ser substituídas em pouco tempo (e o bolso com certeza agradece!).

7. Tenha cuidado na hora de escolher os produtos

Seja qual for o programa de lavagem escolhido, é necessário prezar por produtos de qualidade, que rendam bastante, mantenham a roupa perfumada e macia por mais tempo. Eventualmente, isso diminui tanto o número de lavagens quanto o gasto com sabões e amaciantes.

Segundo a especialista, para utilizar a máquina de lavar roupas no modo econômico, por exemplo, é necessário optar por produtos que se adequem a ele, ou seja, sejam eficientes em garantir peças limpas, cheirosas e macias mesmo em apenas um enxágue.

Leia também: Usar vinagre na limpeza é ineficaz e até perigoso para a saúde, diz especialista

8. Limpar a máquina corretamente

Apesar de o interior do eletrodoméstico estar sempre em contato com água e sabão, é, sim, necessário higienizar a máquina de tempos em tempos. De acordo com Silvia Tamai, gerente de produtos da Electrolux, ignorar essa necessidade pode fazer com que resíduos se acumulem na lava-roupas e gerem entupimentos. Em um cenário assim, é possível que esses resíduos manchem as peças, fazendo com que elas tenham de passar por mais processos de lavagem do que o ideal.

De acordo com a especialista, algumas máquinas de lavar roupas já vêm com o modo de limpeza entre os programas de lavagem. Se não for o caso, Silvia aconselha misturar um litro de água sanitária com a quantidade de água necessária para encher a máquina e selecionar o programa “branco encardido” ou “tira manchas”. Para ela, é importante repetir o processo ao menos uma vez por mês.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas