Tamanho do texto

Apesar de decorar a casa para as festas de fim de ano ser algo corriqueiro, alguns detalhes podem passar em branco e colocar a segurança em risco

O mês de dezembro chegou e, com as festas de final de ano se aproximando, está na hora de desencaixotar a árvore, as luzinhas e os enfeites para montar a decoração de Natal. Porém, por tratar-se de algo tão comum – e de uma tradição para muitas famílias –, é normal que as pessoas entrem no “modo automático” e se esqueçam de atentar para alguns detalhes da decoração que podem prejudicar a segurança da casa e das pessoas que vivem nela.

Leia também: Aparentemente, as pessoas estão substituindo a árvore de Natal por... Abacaxis

Apesar de a decoração de Natal ser algo corriqueiro, alguns detalhes podem passar em branco e colocar arriscar a segurança
Pixabay/Creative Commons
Apesar de a decoração de Natal ser algo corriqueiro, alguns detalhes podem passar em branco e colocar arriscar a segurança

Também é comum que as pessoas comprem uma nova decoração de Natal , mas optem pelo que é mais barato e ignorando que, muitas vezes, esses itens têm qualidade duvidosa e podem até causar acidentes graves. Confira 10 dicas de como enfeitar a casa para as festividades sem deixar a segurança para escanteio:

1. Atenção na hora da compra

Conforme explica o engenheiro Cristiano Mollica, da Instrutherm, o cuidado com a decoração de Natal já deve começar no momento da compra. Segundo com ele, é essencial que o produto tenha o selo de certificação do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) nos itens. E não pense que isso serve apenas para os enfeites elétricos como o tradicional pisca-pisca! O especialista afirma que também é preciso procurar o selo do órgão regulador na conexão dos enfeites e que, se possível, o melhor é testar o funcionamento dos produtos na própria loja, junto do vendedor.

Na hora de escolher as luzes, é preciso cuidado extra, não apenas com a segurança, mas com o gasto de energia elétrica. De acordo com Cristiano, o melhor é optar por iluminação em LED, que consome aproximadamente dez vezes menos energia, além de não aquecerem como outros tipos de lampadinhas. Também é necessário prestar atenção no formato da tomada desses itens; conforme explica o engenheiro, produtos que possuem três pinos são mais seguras, já que um deles é o condutor de terra, que previne possíveis choques.

Outro fator que nunca deve ser ignorado é a voltagem, tanto dos produtos quanto das tomadas onde eles serão instalados. Isso costuma estar escrito na própria embalagem dos enfeites e, caso haja dúvidas sobre a voltagem das tomadas de casa, é necessário usar instrumentos como o multímetro ou amperímetro para conferir.

2. Sempre confira o estado dos enfeites antes de usá-los

A menos que você faça uma limpeza periódica, resolva trocá-la de lugar ao longo do ano ou precise de algum item natalino em algum momento que não sejam as festas de final de ano, é comum que a decoração fique guardada entre um Natal e outro. Sendo assim, na hora de montá-la novamente, é preciso inspecionar e testar os itens cuidadosamente, principalmente as luzes. Enfeites com fios desencapados, por exemplo, nunca devem ser utilizados, já que, segundo Cristiano, podem provocar curto-circuito e até um incêndio.

3. Limpeza é importante

Nem pense em tirar a decoração de Natal das caixas onde ela esteve guardada durante o ano todo e já sair penduranto. Cristiano afirma que o ideal é que todos os enfeites, e até a própria árvore, sejam limpos com um pano levemente umedecido e fiquem dispostos em um local arejado por um dia, no mínimo, antes da arrumação. Dessa forma, o pó que se acumulou nos itens se dispersa, evitando alergias.

Leia também: Como incluir as crianças na hora de preparar a casa para as festas de fim de ano?

4. Atenção na hora de posicionar os enfeites

Você é do tipo que curte uma árvore de Natal bem carregada, cheia de luzes e enfeites diferentões? Pois então é muito importante ter cuidado na hora de posicionar a decoração. Se você tiver enfeites de tecido, é essencial que eles fiquem pendurados longe das luzes, já que a proximidade entre eles pode provocar incêndios.

5. Separe as tomadas

Algumas pessoas costumam usar mais de um pisca-pisca de uma vez na hora de montar a decoração de Natal, e não há problema em fazer isso, mas nada de ligar tudo na mesma tomada. De acordo com o engenheiro, fazer mais de uma ligação em uma única tomada pode aquecer o condutor, aumentando os riscos de queimar tudo o que está plugado ali, de um curto-circuito e até de um incêndio.

6. Cuidado com a passagem

Se você for usar extensões para ligar as luzes na tomada, tente mantê-las o mais longe possível de locais onde as pessoas possam tropeçar, já que isso pode ocasionar quedas e até acidentes elétricos.

7. Áreas externas merecem atenção especial

Além da árvore e de enfeites espalhados pelos cômodos, muita gente gosta de decorar a parte exterior da casa também e, em casos assim, nem todos os enfeites são apropriados. De acordo com Cristiano, é importante checar se há a indicação de que aquele item é próprio para ambientes externos na embalagem dos enfeites, já que esse tipo de produto é resistente a vento e chuvas. Nesse caso, o uso de extensões também é indicado, sempre tomando cuidado para mantê-las longe da passagem das pessoas.

8. Nada de deixar tudo ligado

Sim, as luzes de Natal são maravilhosas e é realmente divertido passar por ruas que estão totalmente decoradas, mas nem pense em deixar tudo isso plugado na tomada ao sair de casa ou enquanto todo mundo estiver dormindo. Além de isso aumentar os riscos de haver um incêndio sem que ninguém esteja perto para lidar com ele, deixar tudo ligado quando não há ninguém acordado ou em casa gera um consumo desnecessário de energia elétrica.

9. Inspecione e limpe antes de guardar

Antes de guardar a decoração, é importante inspecioná-la cuidadosamente, limpando-a e buscando sinais de umidade. Se algo estiver úmido, é importante secar ou deixar ao ar livre para que seque completamente antes de encaixotar tudo novamente.

Leia também: Confira dicas para arrasar na maquiagem para o Natal e o Réveillon

10. Guarde com carinho

Depois de usar a decoração de Natal, nada de colocá-la de qualquer jeito no fundo do baú. Segundo o engenheiro, os enfeites devem ser colocados em sacos plásticos antes de serem encaixotados para evitar a umidade a todo custo. Já para as luzes, o ideal é enrolá-las em um canudo de papelão para manter tudo organizado, mas sem puxá-los com muita força. É importante deixar de lado os elásticos na hora de guardar a decoração, já que, em pouco tempo, esse material se decompõe, danificando o que estiver em contato. Por fim, é bom manter tudo em um local fresco e arejado para diminuir os riscos de deterioração causada pela umidade.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.