Tamanho do texto

É comum que esse cômodo vire um "cemitério" de objetos e móveis antigos que não têm uso no restante da casa, mas, com alguns toques e uma mobília prática, ele pode ser confortável para o hóspede e útil para o anfitrião

É claro que, quando você está passando uns dias na casa de outra pessoa, o que importa é a hospitalidade do anfitrião e, é claro, ter um lugar minimamente confortável para dormir. Ainda assim, ter um quarto de hóspedes bem projetado e organizado pode ser satisfatório tanto para a pessoa que vai utilizá-lo quanto para a visita, já que dá bastante privacidade a ambos. 

Leia também: Simone, irmã de Simaria, mostra cama luxuosa; inspire-se nos quartos das famosas

Porém, como explica Edson Souza, arquiteto da Etna, é comum que as pessoas usem esse tipo de cômodo como “depósito” quando ele não está sendo utilizado como quarto de hóspedes , e que esse é o primeiro hábito a ser modificado para quem quer criar um ambiente aconchegante. “Entulhar tudo o que já não se usa mais na casa em um quarto é totalmente errado, por isso sugiro, em primeiro lugar, fazer uma limpeza para melhorar até mesmo a energia da casa”, afirma o arquiteto. Veja mais dicas de como arrasar na decoração do ambiente:  

1. Quarto de hóspedes funcional

Certo, entulhar móveis e objetos aleatórios no quarto de hóspedes transformando-o em um depósito com uma cama não é o mais indicado, mas, segundo Souza, é, sim, possível utilizar o cômodo de outras formas quando não houver visitas, como sala de televisão e escritório. “Aproveitar o ambiente como home office é uma opção para não restringi-lo a apenas uma única utilização“, sugere o arquiteto.

Se você não recebe muitas visitas, o ideal é projetar o quarto de hóspedes para servir como outro cômodo ao mesmo tempo
Reprodução/Pinterest
Se você não recebe muitas visitas, o ideal é projetar o quarto de hóspedes para servir como outro cômodo ao mesmo tempo

Neste caso, é preciso pensar bem na mobília, que deve envolver escrivaninha, cadeira, algumas gavetas (que podem ser, por exemplo, em um criado mudo) e a acomodação da visita, que nos leva ao próximo tópico:

2. Cama, bicama ou sofá?

Uma dos aspectos mais importantes do quarto que abrigará hóspedes é, claro, onde as visitas vão dormir. Na hora de fazer a escolha, Souza afirma que tudo depende do projeto que se tem para o cômodo. Por exemplo: o quarto será só para hóspedes ou também será um escritório quando estiver vago? 

Se o quarto serve também como escritório, o ideal é ter um sofá-cama. Se ele for só um quarto, uma cama cai bem
Reprodução/Pinterest
Se o quarto serve também como escritório, o ideal é ter um sofá-cama. Se ele for só um quarto, uma cama cai bem

No primeiro caso, não há problemas em escolher, por exemplo, uma cama de casal ou uma bicama. Já no segundo caso, o arquiteto explica que o melhor é optar por um sofá-cama que seja capaz de acomodar duas pessoas.

3. Ter um guarda-roupa não é estritamente necessário

Uma visita, principalmente se for ficar hospedada por muito tempo, pode precisar de um lugar para distribuir as roupas, tanto por conforto quanto para que elas não acabem ficando amassadas. Neste caso, o que é melhor, um gaveteiro ou um guarda-roupa?

Nesse cômodo, não é necessário ter um guarda-roupa enorme; armários pequenos ou gaveteiros fazem o trabalho
Reprodução/Pinterest
Nesse cômodo, não é necessário ter um guarda-roupa enorme; armários pequenos ou gaveteiros fazem o trabalho

Para Souza, novamente, tudo depende do projeto feito para o ambiente. “Vai depender do espaço que se tem no cômodo, do tipo de decoração e da utilidade que ele terá. Por ser um quarto de hóspedes, não há necessidade de ter um armário muito grande, pode ser apenas um gaveteiro para que as visitas possam organizar os pertences”, afirma, ressaltando que o importante mesmo é tornar o ambiente funcional tanto para a visita quanto para o anfitrião, evitando sobrecarregar a decoração.

Se não há muito espaço para móveis, uma boa opção é utilizar uma arara, já que elas são facilmente removíveis
Reprodução/Pinterest
Se não há muito espaço para móveis, uma boa opção é utilizar uma arara, já que elas são facilmente removíveis

Outra opção interessante e que tem se tornado cada vez mais popular é utilizar araras de roupa. Algumas delas têm rodinhas, tornando fácil levá-la de um lado para outro da casa quando ela não estiver em uso, e elas mantêm as roupas esticadinhas sem ocupar muito espaço no quarto. Se ela for permanecer no cômodo sempre, uma boa ideia é acompanhá-las com pequenos conjuntos de gavetas e algumas prateleiras.

4. Aposte em cores claras e neutras

Mesmo que você tenha um estilo bem marcante e curta fazer decorações mais extravagantes, Souza aconselha manter o quarto de hóspedes o mais neutro e simples quanto for possível, e isso também se aplica às cores do ambiente. “As cores vão depender muito do projeto da casa, mas o ideal é deixar o cômodo harmônico para os visitantes. Deixá-lo o mais ‘clean’ possível é uma boa opção, utilizando cores claras e neutras, assim a pessoa pode se desligar da rotina e aproveitar para relaxar”, explica o arquiteto.

Segundo o arquiteto, o melhor para um quarto de hóspedes é pintá-lo com tons claros e neutros
Reprodução/Pinterest
Segundo o arquiteto, o melhor para um quarto de hóspedes é pintá-lo com tons claros e neutros

E não vá achando que para tornar o ambiente neutro você só tem o branco a seu dispor. De acordo com a Pantone, autoridade global em cores, tons terrosos, arroxeados, rosados e amarelados também são algumas  tendências do momento que podem ser utilizadas na decoração do cômodo.

5. Foco no conforto

Tomar banho, dormir e ter outros hábitos bem pessoas na casa de outra pessoa nunca será a mesma coisa do que fazer isso na própria casa. Sendo assim, deixar tudo o mais confortável possível para o hóspede é uma ideia bastante positiva. Souza aconselha o uso de óleos essenciais e flores para deixar o ambiente aconchegante, tomando o cuidado para não escolher fragrâncias muito fortes que possam incomodar.

Na decoração, espalhar mensagens de boas-vindas e até a senha do wi-fi da casa ajudam a acolher a visita
Reprodução/Pinterest
Na decoração, espalhar mensagens de boas-vindas e até a senha do wi-fi da casa ajudam a acolher a visita

Outra forma de fazer com que os visitantes se sintam “em casa” é com enfeites que deem as boas vindas. Quadrinhos com mensagens positivas e até um mural onde o anfitrião possa pregar recadinhos ou a senha do wi-fi são boas opções.

Para deixar o cômodo confortável, manter cobertores e almofadas à disposição do hóspede é uma boa ideia
Reprodução/Pinterest
Para deixar o cômodo confortável, manter cobertores e almofadas à disposição do hóspede é uma boa ideia

Almofadas e colchas também são uma boa forma de deixar o cômodo aconchegante. O anfitrião pode distribuir alguns travesseiros, almofadas e cobertores a mais do que o necessário na cama ou no sofá ou colocar tudo em um cesto ou baú para que a pessoa pegue se precisar. Manter toalhas limpas e sabonetes em um cesto, prateleira ou armário também ajuda a visita a se sentir bem-vinda, além de ficar agradável na decoração.

Leia também: Truques e dicas para deixar a casa com cara de apartamento de novela

6. Privacidade é a palavra-chave

Além do conforto, o hóspede também precisa ter privacidade. Além de deixar toalhas e roupas de cama à mão, é importante disponibilizar itens de higiene pessoal à vista para que a pessoa não se sinta mal em ter de vasculhar armários procurando ou precise pedir (principalmente se o visitante não for uma pessoa tão próxima do anfitrião).

O biombo é uma solução interessante para garantir privacidade ao hóspede se o quarto não tiver banheiro
Reprodução/Pinterest
O biombo é uma solução interessante para garantir privacidade ao hóspede se o quarto não tiver banheiro

Muitas vezes, porém, o quarto de hóspedes não é uma suíte e, nesse caso, a pessoa pode não se sentir segura em trocar de roupa no quarto ou trancar a porta. Uma boa ideia para resolver o problema é colocar um biombo no cômodo, já que, além de funcional, ele dá um toque charmoso ao ambiente.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.