Especialista ensina os cuidados necessários para usar glitter nos cabelos
Divulgação
Especialista ensina os cuidados necessários para usar glitter nos cabelos

Os bloquinhos e festas de  carnaval foram cancelados em muitas cidades, mas isso não impede que as pessoas possam curtir a folia dentro de casa. E como a gente sabe,  quanto mais brilho, melhor! Esta é a regra para criar fantasias, acessórios e maquiagens incríveis para o carnaval. Ainda que nos últimos anos o  glitter tenha se tornado um item polêmico por conter plástico e agredir a natureza, há quem não abra mão dele na hora de se produzir.

Entretanto, é preciso ter cuidado com a pele e o cabelo na hora da missão mais difícil do famoso pó brilhante: remover o glitter do corpo. A dermatologista e tricologista Ana Carina Junqueira explica que a área que merece mais atenção é justamente a dos cabelos - sabe aquela referência linda de glitter na raiz?

“Embora traga um efeito lindo para o look, o acúmulo de glitter pode ser prejudicial para o couro cabeludo, deixando os fios frágeis, quebradiços e ressecados. Na hora de remover, a dica é: não entrar com os cabelos diretamente no chuveiro, muito menos passar o shampoo nos antes de escovar com um pente mecha por mecha, para retirar o máximo possível da purpurina antes da higienização”, explica a tricologista.

De acordo com a especialista a melhor opção para aplicação nos fios é o glitter biodegradável e preferencialmente sem parabenos, uma vez que agridem menos o couro cabeludo, não causam alergias e ainda são mais fáceis de remover dos fios, além de menos tóxicos e de não prejudicarem o meio ambiente.

Outra dica da especialista é apostar na recuperação dos fios após o feriadão de carnaval. “O glitter, assim como a exposição excessiva ao sol, suor, água do mar ou piscina durante dias, certamente causarão danos aos cabelos, portanto, para desintoxicar e eliminar todos os resíduos de forma saudável do couro cabeludo e dos fios, vale fazer uma terapia capilar, com uma boa dose de hidratação”, conclui a tricologista.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários