Tendência jelly é tendência no skin care japonês e coreano; conheça
Pexels/Sarah Chai
Tendência jelly é tendência no skin care japonês e coreano; conheça



Nos últimos anos, as rotinas de skin care têm sido bastante influenciadas por tendências orientais, como o J-beauty e o K-beauty, os cuidados de beleza realizados no Japão e na Coreia do Sul — o iG Dela já ensinou 10 passos para copiar a rotina de beleza das coreanas . A novidade da vez é a chegada dos cosméticos em textura gelatinosa, chamados de jelly.


Os produtos estão bombando nas redes sociais e chama atenção devido a sua base parecida com uma geleia. Fernanda Nichelle, médica especialista em estética à frente da Clínica MAC - Medicine Aesthetic Clinic, explica que a base dos produtos jelly faz com que eles sejam mais leves e menos oleosos e pegajosos.

Por esse motivo, os cosméticos jelly são mais propícios para pessoas que têm pele oleosa. Caso não saiba qual é seu tipo de pele facial, temos algumas dicas que podem te ajudar a identificar . Nichelle afirma que esse é o tipo de pele que mais “sofre” para encontrar um hidratante que não piore a oleosidade e que, por isso, o jelly pode ser uma opção confortável.

Você viu?

“Geralmente, o veículo do hidratante é um creme que fica mais oleoso. Como o jelly é à base de gel aquoso, consegue se adaptar mais nesse tipo de pele, oferecendo hidratação sem oleosidade”, explica a especialista. Ela também afirma que o gel espalha mais facilmente, auxiliando na absorção dos ativos em sua composição.

A área facial é a que mais se favorece com o uso de produtos jelly no skin care. Isso porque o rosto possui um número maior de glândulas sebáceas e tende a ter mais oleosidade. “É uma área que precisa de hidratação controlada, diferente de outras áreas do corpo que geralmente são mais secas e podem receber composições mais oleosas”, aponta Nichelle.


Há restrições para usar o jelly no skin care?

A especialista explica que não há nenhum tipo de restrição. No entanto, ela indica que, no momento do skin care, ele seja usado antes do filtro solar. “O protetor solar é o último produto a ser aplicado na pele. Aplique o hidratante após a vitamina C”, indica.

A composição do cosmético é versátil e também pode ser encontrada em máscaras hidratantes. Ao contrário das sheet masks (de papel) a textura gelatinosa das máscaras jelly não permitem a passagem de ar, o que confere mais conforto na aplicação.

Veio para ficar

Desde loções hidratantes até balms labiais, Nichelle explica que marcas consagradas de beleza já estão aderindo à textura jelly em seus produtos de skin care. No entanto, já existe a possibilidade de optar por produtos jelly com fórmulas manipuladas. Dessa forma, é possível escolher quais são os melhores ativos para aperfeiçoar os resultados.

O iG Delas também selecionou alguns produtos de skin care com textura jelly para te ajudar a saber por onde começar a testar:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários