Com as temperaturas mais baixas e o clima mais seco, o outono e o inverno podem ser grandes vilões da pele . Segundo o dermatologista Franklin Veríssimo, a razão para isso é a baixa transpiração do corpo, principalmente quando associada à baixa umidade do ar.

frio
shutterstock
O frio pode ser um grande vilão da pele


"A combinação pode levar a ressecamento excessivo da pele, aumento da sensibilidade e diminuição da sua capacidade de regeneração e da efetividade da sua função de barreira, inclusive tornando a pele mais vulnerável a ação de agentes externos, como a poluição", afirma Veríssimo.

Para complicar, muita gente mantém alguns hábitos que podem prejudicar ainda mais a pele no frio . Especialistas listam para o Delas os principais erros que as pessoas comete nesse momento e também ensinam como cuidar melhor do corpo. 

1. Esquecer da hidratação

hidratação
shutterstock
Além da pele, o cabelo necessita de hidratação durante o frio


Por causa do frio, muitas pessoas deixam de se hidratar adequadamente. Veríssimo aponta que tanto beber água quanto utilizar produtos hidratantes são atitudes extremamente necessárias e é a melhor maneira de diminuir os danos causados pelo frio.

Leia também: Sinais da pandemia na pele: saiba como evitar as rugas de estresse

2. Banho quente é bom, mas faz mal

banho
Reprodução/Shutterstock
O banho quente é ótimo, mas pode fazer mal para a pele


Apesar do banho quente ser um alívio aos dias frios, em temperaturas muito altas a pele começa a perder textura e pode até ressecar mais. Segundo a dermatologista Laís Leonor, "a pele perde a camada manto-lipídica, uma estrutura responsável por proporcionar a textura suave e macia da pele. Além disso, estimula as glândulas sebáceas a produzirem mais sebo, aumentando quadro de dermatite seborreica tanto na pele quanto nos cabelos".

Por isso, o recomendado é tomar banhos mornos para que a pele hidrate corretamente e não sofra tanto. Laís também faz um alerta para quem já tem maior predisposição para doenças de pele. "A água quente promove a vasodilatação, ocasionando urticárias e coceiras, podendo surgir problemas como a dermatite atópica, psoríase e sensibilidade da pele em geral", afirma.

3. Alimentação cheia de guloseimas e carboidratos

hambúrguer
shutterstock
Apesar do frio ser convidativo a comer alimentos mais gordurosos, o indicado é evitar gorduras e açúcar


Com a chegada do clima mais frio, as pessoas tendem a consumir alimentos mais gordurosos e com alto índice glicêmico. Segundo a dermatologista Paola Pomerantzeff, alimentos com alto índice glicêmico levam ao processo conhecido como glicação. "Nesse processo as fibras de colágeno sofrem alterações maléficas. O resultado é uma pele mais flácida e enrugada", aponta Paola.

Especialistas indicam ingerir legumes, hortaliças e frutas, fontes de vitaminas e minerais e que neutralizam os radicais livres, prevenindo o envelhecimento da pele.

Leia também: O que você não deve deixar de comer na quarentena? Tem até chocolate na lista

4. Esquecer do protetor solar

creme
shutterstock
O protetor solar deve ser usado todos os dias


Apesar do frio, os raios ultravioleta são os mesmos. Até em dias nublados o sol pode afetar a saúde da pele, por isso, Paola indica utilizar o protetor solar todos os dias. 

"O fotoenvelhecimento causa flacidez e pode ocasionar câncer de pele a longo prazo. Mesmo no inverno dentro de casa, o uso do protetor solar diariamente é fundamental. A radiação ultravioleta atravessa vidros e tecidos finos (cortinas) e pode atingir a pele da mesma forma", afirma Paola.

5. Esquecer de mãos e pés

mãos
Pexels
É fundamental usar um bom hidratante para as mãos


A preguiça pode fazer você esquecer de partes vitais na hora de hidratar a pele, como é o caso das mãos e pés. Segundo Paola, é necessário utilizar produtos específicos para reduzir danos de ressecamento.

Além das mãos e pés, ela aponta que a  pele do pescoço e colo também devem ter cuidados. "Para hidratar a região, utilize o mesmo produto do rosto e o mesmo protetor solar", afirma Paola.

Uma dica para a hidratação dos pés é passar o produto e cobrir os pés imediatamente depois da aplicação do hidratante, com plástico filme para aumentar o poder de hidratação .

    Veja Também

      Mostrar mais