Boa parte do mundo está em quarentena para tentar evitar uma disseminação ainda maior do novo coronavírus. Essa nova realidade podem afetar sua pele, seu cabelo e seu corpo afinal ficar em casa, em isolamento social, tem seu lado e seu lado ruim quando o assunto é beleza. 

mulher em casa
shutterstock
Ficar em casa ajuda a deixar a pele respirar, mas também pede alguns cuidados



Conversamos com especialistas para entender quais são esses prós e contras e também reunir dicas para se cuidar durante a quarentena .

Sem maquiagem, a pele respira

A falta de maquiagem pode ser um aliado nesses dias de quarentena. Segundo a dermatologista clínica geral parceira da FOREO Camille Maia, “a maquiagem, principalmente bases, BB ,CC creams, corretivos e sombras possuem partículas de pigmento e outros compostos que podem, dia a dia, obstruir os poros, causar irritação cutânea e o surgimento das temíveis espinhas. Ficar alguns dias sem usar esses produtos ajuda a pele a se reequilibrar e regenerar”.

O médico Franklin Veríssimo destaca que com a pele fica livre de químicas e respira melhor, mas recomenda  seguir com os cuidados de limpeza diária e com os tratamentos de pele. Ele lembra que deixar de usar maquiagem neste período evita um possível quadro de acne e que com os produtos certos, “em poucos dias você irá perceber, observando a pele sem qualquer makeup, que ela estará mais hidratada”.

Atenção com a falta de sol

mulher no sol
shutterstock
Pegar sol em janelas e varandas pode ajudar a regular a vitamina D


Ficar em casa ou em apartamento limita o contato da pele com a luz do sol, ou seja, reduzindo a síntese da vitamina D , que ajuda na absorção de cálcio, funcionamento adequado dos órgãos, fortalecimento dos ossos e até aumento da imunidade! 

A dermatologista Laís Leonor, da clínica Dr André Braz afirma que a vitamina D também regula a saúde dos cabelos e das unhas. Sem ela, de acordo com a especialista, fios e unhas podem ficar quebradiços. 

Por isso, mesmo em casa, tente pegar um pouco sol. Camille orienta expor áreas específicas do corpo, como pernas, costas, barriga, ou ainda palmas e plantas dos pés, por 5 a 10 minutos todos os dias. 

O estado emocional também reflete na beleza

mulher sozinha e triste em casa
Pexels/Mikoto.raw
Com o mundo parado, a tensão e o estresse podem reinar. O momento é de cuidar do psicológico também para evitar reflexos na beleza


O mundo está sendo afetado pela quarentena e é difícil não sentir as consequências no lado emocional. O momento é de insegurança, e a ansiedade e o medo podem afetar a saúde do corpo e refletir na beleza.

Laís afirma que doenças de pele associadas ao estado emocional podem ocorrer, como a queda de cabelo difusa associada ao stress, herpes zóster ocasionado por um vírus oportunista devido à queda de imunidade, dermatites por causa do aumento de sebo na pele e cabelo, entre outros.

O estresse aumenta o cortisol, que estimula os hormônios androgênios, acionando as glândulas sebáceas, gerando acne e oleosidade da pele.

Camille, especialista da FOREO, lembra que apesar do estresse da quarentena , é necessário pensar positivo . “É normal se sentir assim em um momento tão incerto. Respeite seu tempo! Por isso, tente se distrair e focar em atividades prazerosas que estimulem a produção de endorfina e lembre que ficar longe de grandes centros urbanos, trânsito e aglomerações pode ajudar a apaziguar a mente”.

Fique de olho no sedentarismo e na postura corporal

mulher vendo tv
Getty Images
A má postura no home office e a falta de exercícios pode prejudicar a coluna e dar espaço ao sedentarismo


Prucurar se sentir bem trará reflexos positivos para saúde e também para pele, unhas e cabelos. E procurar uma atividade física para fazer em casa pode ser uma maneira de relaxar e ainda dar uma mãozinha na rotina de beleza. Como ressalta Laís, “a prática regular de atividade física e uma maior aptidão física estão associadas a uma menor mortalidade e melhor qualidade de vida na população".

Há muitos exercícios que podem ser feitos em casa , alguns nem requerem equipamentos.

Leia também: Spa na quarentena: aprenda 7 receitas de beleza caseiras

Quem está trabalhando em casa também precisa de atenção redobrada. A postura inadequada no home office pode aumentar a tensão e a dor nas costas, no pescoço e nos membros.

Camille recomenda a postura ereta, com a lombar apoiada, e dá mais dicas: "A altura correta da cadeira é aquela em que os pés podem ser apoiados por inteiro no chão e a mesa na altura do seu peitoral".

Lembre-se de fazer pausas também. "Crie o hábito de se levantar em pequenos intervalos, movimente-se e faça um alongamento. Vai melhorar sua circulação sanguínea e te dar mais disposição”, afirma Camille. E tudo isso vai ter ajudar a sair da quarentena com pele, cabelos e unhas saudáveis também. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários