Tamanho do texto

Flacidez, rugas manchas... Todos esses sinais da idade são bastante comuns, mas podem ser problemas se aparecem antes do esperado; entenda por quê

Não é novidade que os cuidados com a pele devem mudar com a idade, já que entre muitas das mudanças que o tempo causa ao corpo é o aparecimento de rugas, flacidez e outras marcas. A questão, porém, é que dependendo da forma como você cuida da sua pele pode fazer com que esses sinais de envelhecimento apareçam antes do esperado.

Leia também: O que muda na rotina de cuidados com a pele depois dos 50 anos de idade?

mulher se olhando no espelho arrow-options
shutterstock
Alguns sinais de envelhecimento podem aparecer antes da idade esperada, tendo influência de como você cuida da sua pele

Mas como saber se a pele está envelhecendo mais rápido do que deveria? "A pele dá sinais que podem ser encarados como dicas de que não estamos tendo o cuidado adequado com ela", diz o cirurgião plástico Mário Farinazzo, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Chefe do Setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Pensando nisso, o profissional lista abaixo quatro sinais desse alerta do envelhecimento: 

1. Manchas marrons entre os 20 e 30 anos

Muitas pessoas observam as rugas como um sinal claro de envelhecimento, mas antes delas, as manchas escuras aparecem como um sinal óbvio do envelhecimento da pele.

“Elas surgem por causa do excesso de exposição solar sem a devida proteção da pele. Lembre-se: não existe bronzeado seguro. Para proteger a pele do envelhecimento rápido e do possível desenvolvimento de câncer de pele, use FPS 30 de amplo espectro ou mais, repassando a cada duas horas. Use filtro solar mesmo quando está nublado”, diz Mário.

Leia também: 8 erros de maquiagem que podem dar um aspecto envelhecido ao seu rosto

2. Flacidez de pele no pescoço e colo

O pescoço tem uma pele extremamente fina e está entre as primeiras áreas da pele a mostrar sinais de envelhecimento . “Geralmente, o pescoço e o colo são esquecidos na rotina, de forma que agressores ambientais, aliados aos maus hábitos alimentares e consumo de álcool, podem favorecer o aparecimento de flacidez e rugas nessa região", comenta o médico.

"Para ajudar a recuperar e revitalizar a pele seca e áspera, use um hidratante formulado com ácido hialurônico. No consultório, é possível fazer procedimentos injetáveis, como com toxina botulínica (botox), que pode ser usada para suavizar as linhas do pescoço, e preenchimentos de ácido hialurônico para linhas finas e rugas, a fim de suavizar e rejuvenescer o pescoço."

3. Perda de umidade na pele

Com o envelhecimento, a pele perde umidade, o que, na maior parte das vezes, causa coceira. Combine isso com uma taxa mais lenta de renovação celular e a sua pele ficará mais dura, seca e áspera ao longo do tempo.

Para ajudar a combater os efeitos colaterais e revitalizar a pele, são indicados hidratantes com ação antienvelhecimento e esfoliação regular com ácidos prescritos por médicos. "Aplicações mais superficiais de ácido hialurônico podem ajudar a combater o problema", comenta. 

Leia também: 5 sinais que mostram uma pele envelhecida antes do tempo e como evitá-los

4. Rugas e perda de volume facial

pele naturalmente diminui sua produção de colágeno e elastina - dois componentes-chave para mantê-la jovem - entre os 20 e 30 e trinta e poucos anos. Como resultado, é provável que algumas rugas e linhas finas surjam aqui e ali.

“Se você faz muitas expressões faciais ou dorme de lado, esses sulcos e recuos podem demorar mais para voltar ao lugar. Se você perceber um número maior de rugas aos 20 anos, pode ser um sinal de muitos danos causados pelo sol. Esse problema pode ser resolvido com neurotoxinas e preenchimentos injetáveis. Consulte um médico que irá indicar o melhor tratamento para o seu caso”, finaliza o dermatologista.