Ao contrário do que muita gente pensa, é perfeitamente normal que os cabelos caiam. Porém, se você costuma encontrar fios de cabelo perdidos pela casa, ver muitos deles ficarem presos no pente, recolher aqueles emaranhados do ralo do banheiro ou perceber falhas no couro cabeludo, essa questão pode ser um problema. Mas qual é a solução? Shampoo antiqueda? 

Leia também: O que pode causar queda de cabelo? Veja 7 razões que influencieam isso

mulher com queda de cabelo
shutterstock
Usar um shampoo antiqueda em alguns casos pode ser a solução mais prática para quem sofre com queda de cabelo


Ao Delas , a dermatologista Ana Carina Bertin Junqueira, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e especializada em tricologia pela Universidade de Minessota, no Estados Unidos, afima que o  shampoo antiqueda  realmente pode ser útil, mas não em todos os casos. 

"É possível solucionar o problema apenas com o shampoo em casos de queda está gerada por conta de desequilíbrio do couro cabeludo. Porém, se durar mais de 15 ou 20 dias, é necessário consultar um médico para entender a causa, além de iniciar um tratamento sistêmico", diz.

Isso significa que, apesar de ser indicado para todos os casos de queda, o shampoo não vai ser a única solução. Em alguns casos, será preciso combiná-lo com suplementos e até tratamentos estéticos com laser ou LED. "Tudo dependerá da origem da queda", comenta. 

Além disso, há algumas dicas que são essenciais para acertar no uso: "É recomendável começar a usar o shampoo assim que perceber a queda acentuada do fio e usá-lo em todas as lavagens. Não é necessário alternar entre um produto 'normal' e um antiqueda." 

Leia também: 5 ingredientes naturais e populares que ajudam a crescer cabelos e unhas

Como escolher um shampoo antiqueda?

Ana Carina afirma que existem questões para ficar de olho na hora de escolher o produto que vai te ajudar a solucionar a queda. Antes de mais nada, é preciso entender o seu tipo de cabelo — se é oleosos ou seco, se o couro cabeludo é sensível, entre outras características — e quais são os ativos na fórmula daquele produto. 

"Sempre sugiro um shampoo que seja antiqueda, mas também antifúngico. Ou seja, além de tratar a queda também tratará a dermatite seborreica, um agravador da queda. Caso encontre um shampoo que tenha esses dois componentes, será a combinação mais adequada ou uma dica é alternar, usando um dia o shampoo antiqueda e no outro um anticaspa."

Leia também: 3 cuidados que são mais do que essenciais para evitar queda de cabelo

Outras recomendações são shampoos que contém cafeína, biotina e/ou óleo de coco em sua composição. "Ativos calmantes e estimulantes são muito efetivos para auxiliar a queda capilar", comenta. Para descobrir quais são os ingredientes da fórmula, dê uma olhada na embalagem ou consulte uma especialista que possa indicar o melhor tratamento. 

    Veja Também

      Mostrar mais