Tamanho do texto

Consultamos uma dermatologista para explicar se há diferenças e te ajudar a escolher os melhores produtos para cuidar das suas unhas

Women's Health

O que é mais indicado usar: acetona ou removedor de esmaltes? Qual a melhor forma de tirar esmalte? A pergunta foi enviada pela leitora Nathália Santos e fomos atrás de respostas! 

mulher tirando esmalte arrow-options
shutterstock
É melhor usar acetona ou removedor para tirar esmalte? Especialista tem a resposta

Leia também: As cores de esmalte para ficar de olho nessa temporada de beleza

O melhor para manter as mãos e unhas saudáveis na hora de tirar esmalte é apostar em removedores  que contenham componentes hidratantes na sua fórmula. De acordo com Juliana Neiva, dermatologista do Rio de Janeiro, a acetona pode causar ressecamento e desidratação, deixando a pele mais vulnerável.

“Outra dica é sempre hidratar as mãos, principalmente sob a matriz ungueal, que fica um pouco acima da cutícula. Isso vai contribuir bastante para a hidratação da própria unha.”

Leia também: A tendência das unhas francesinhas está de volta! Inspire-se nestas 7 ideias

Com que frequência posso usar?

De acordo com a profissional, sete dias é o intervalo indicado entre o uso de removedor de esmaltes para não prejudicar a saúde das unhas.

Como saber se há algo errado?

Os principais sinais de que suas mãos não estão reagindo bem ao uso da acetona são: unhas muito finas, descamadas, quebradiças ou com ranhuras (aquelas estrias verticais). “Todas essas características indicam que elas estão fragilizadas e, portanto, deve-se interromper o uso do produto”, orienta Juliana.

Leia também: Alterações nas unhas podem ser sinais de problemas sérios; saiba identificar